Você está aqui: Página Inicial > Informes > Cuidados com as senhas
conteúdo

Institucional

Cuidados com as senhas

Existem inúmeros cuidados que devem ser tomados para que suas senhas não sejam comprometidas; confira
publicado: 27/04/2021 16h47, última modificação: 28/04/2021 17h09

O uso de logins e senhas é o principal mecanismo de autenticação para o controle de acesso a sites e serviços oferecidos na internet. É um erro, porém, achar que se está seguro na rede apenas por ter uma senha. Existem inúmeros cuidados que devem ser tomados para que ela não seja comprometida. Entre eles, está a elaboração de uma senha forte e do seu armazenamento seguro.

Uma senha forte tem como características ser difícil de ser descoberta e fácil de ser lembrada. Assim, deve-se evitar simples palavras de dicionário, números sequenciais e dados pessoais. A forma mais efetiva é utilizar uma frase - que pode ter caracteres especiais ou números na composição - como neste exemplo: “1 dia visitarei as Cataratas!”. Como é uma frase com palavras comuns, torna-se rápida para digitar e de se lembrar, porém, difícil de ser descoberta por quem está próximo ou por mecanismos automatizados.

Outro cuidado importante é que, idealmente, deve-se ter uma senha diferente para cada serviço. No mínimo, deve-se ter senhas diferentes para trabalho e uso pessoal, mas, principalmente, é necessário possuir senhas diferentes e fortes para acessar serviços mais “críticos”, como e-mails. Alguém mal intencionado que descobrir a senha de seu e-mail pessoal poderá alterar esta senha e de outros serviços, já que contas de e-mail frequentemente são usadas como mecanismo de recuperação de todas as suas senhas.

Tendo várias senhas diferentes, porém, pode haver o problema do esquecimento. Dessa forma, é importante anotá-las em um local longe do computador. Também é possível salvá-las com um aplicativo gerenciador de senhas (ou no navegador web). Nesse caso, assegure-se de usar uma senha forte para ter acesso ao computador e, também, para ter acesso ao gerenciador.

Por fim, se for necessário alterar a senha de credenciais de acesso @unila, pode-se fazer por meio do site minhasenha.unila.edu.br. Para outras informações sobre formas de autenticação segura e de como é possível evitar o “vazamento” de senhas, acesse a página da Equipe de Prevenção, Tratamento e Resposta de Incidentes de Segurança da Informação da UNILA (ETIR).

Texto: Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTIC)