Você está aqui: Página Inicial > Editora da UNILA | EDUNILA > Livros > Revolução e Paraíso
conteúdo

Revolução e Paraíso

publicado 27/04/2021 11h16, última modificação 27/04/2021 11h16
Conflito de ideias na igreja latino-americana (1968-1979)

revolucao e paraisoOs sentidos conferidos ao conceito de Libertação expressaram significados políticos, sociais e religiosos na América Latina, sobretudo entre os anos 1960 e 70, e fomentaram um amplo debate sobre o papel da Igreja Católica no contexto pós-Concílio Vaticano II, marcado por discussões acerca da pobreza e da Dependência. A circulação e apropriação transnacional dessas ideias, no âmbito das Conferências Episcopais de Medellín (1968) e Puebla (1979), analisadas e comparadas nessa obra, assim como os documentos que discutiram a "Questão Social" desde o final do século XIX, mobilizaram três acepções conceituais sobre a Libertação no período: Espiritual, Dialética e Marxista. Estas definições, matizadas entre a Revolução e o Paraíso, centradas na afirmação de uma identidade latino-americana e referendadas na teologia e nas práticas da Igreja, constituíram releituras do passado, críticas sobre o presente e prenúncios de futuro.

 

Sobre o autor

Alexandre Queiroz é doutorando em História Social na Universidade de São Paulo (USP), mestre e graduado em História pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Professor e pesquisador da História da América Latina Contemporânea, com ênfase em Direitos Humanos e Igreja Católica, História Política e História das Ideias.

 

 

 

Ano de publicação: 2021

Autor:  Alexandre Queiroz

Idiomas: Português 

Número da edição: 1ª

Número de páginas: 286

ISBN: 978-65-86342-17-8

 

  

BAIXAR E-BOOK