Você está aqui: Página Inicial > Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PRPPG > Perguntas Frequentes
conteúdo

Perguntas Frequentes

publicado 17/01/2022 09h47, última modificação 02/05/2022 10h54
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG)

O que é a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG)?

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) é responsável por assessorar a Administração Superior da Universidade nos assuntos relativos à investigação científica, à disseminação da sua produção e à formulação e execução de programas de pós-graduação lato sensu e stricto sensu. Além disso, tem a função de implantação e acompanhamento de políticas de pesquisa e da pós-graduação.

O que faz a PRPPG?

Tem o papel de institucionalizar programas e ações de fomento à pesquisa científica, que viabilizem a concessão de bolsas, de recursos orçamentários internos e externos e de infraestrutura. Coordenar as relações com as agências de fomento e as instituições de ensino e de pesquisa, nacionais e internacionais. Presidir a Comissão Superior de Pesquisa. Acompanhar as atividades das Comissões Acadêmicas de Pesquisa e Ensino. Editar, assinar e publicar documentos relacionados à pesquisa e à pós-graduação. Designar os membros eleitos dos Comitês Assessores da PRPPG. Coordenar e executar as políticas e programas de apoio à pesquisa e à pós-graduação. Conceder auxílios financeiros e bolsas a estudantes e pesquisadores. Coordenar os servidores e atividades da PRPPG. Delegar competências e ações institucionais no âmbito da pesquisa, da pós-graduação e inovação.

Como a PRPPG está organizada, administrativamente?

Administrativamente, a PRPPG está subdividida em departamentos (pesquisa e pós-graduação), ambas com suas divisões e, além disso, contempla uma divisão específica para inovação e fundações de apoio. Tem-se, também, os encargos da Secretaria-Executiva e dos departamentos administrativo e financeiro.

Organograma da unidade:

 Organograma_PRPPG.jpg


Dúvidas? Fale com a equipe da PRPPG: Contato

 


 

Divisão de Inovação Tecnológica e Fundação de Apoio

I) Fundações de Apoio

Qual é a Unidade da UNILA responsável pelo relacionamento com as Fundações de Apoio Autorizadas pelo MEC/MCTI?

A Divisão de Inovação Tecnológica e Fundação de Apoio (DITEFA), vinculada à PRPPG.

Onde encontro as principais informações, legislações, fluxos sobre as Fundações de Apoio Autorizadas?

Neste link: https://portal.unila.edu.br/prppg/inovacao/fundacoes-de-apoio

Quais são as Fundações de Apoio Autorizadas para prestar serviços à UNILA?

A relação das Fundações de Apoio Autorizadas são dinâmicas, podem ser consultadas neste link:
https://portal.unila.edu.br/prppg/inovacao/fundacoes-de-apoio/fundacoes-de-apoio-autorizadas

Quais são as principais regras internas que norteiam o relacionamento com as Fundações de Apoio?

Resolução Nº 21/2019/CONSUN: Normas que regulamentam as relações entre a Universidade Federal da Integração Latino‐Americana e as Fundações de Apoio
https://atos.unila.edu.br/atos/resolucao-n-ordm-12-2019-consun-1562

E a Instrução Normativa nº 3/2020-PRPPG:

https://portal.unila.edu.br/prppg/inovacao/fundacoes-de-apoio/arquivos/InstruoNormativan3_2020_PRPPG_contrataodasFundaesdeApoio..pdf

Quem autoriza a operacionalização de um projeto via Fundação de Apoio?

Um Órgão Colegiado, podendo ser o CONSUN, COSUEN, COSUP, COSUEX e CONSUNI, a depender do julgamento da Pró-reitoria correlata ou do Gabinete da Reitoria, de acordo com o eixo do Projeto.

Quem pode demandar a operacionalização de Projetos via Fundação de Apoio?

Qualquer Servidor(a) da Universidade.

Quem pode participar dos Projetos?

Os projetos devem ser realizados por no mínimo dois terços de membros(as) vinculadas à UNILA, incluindo docentes, servidores técnico-administrativos, estudantes regulares, pesquisadores de pós-doutorado e bolsistas com vínculo formal a programas de pesquisa da UNILA, nos termos do Art. 6º do Decreto nº 7.423/2010.

Quais são os tipos de instrumentos Jurídicos utilizados com as Fundações de Apoio?

O Instrumento utilizado dependerá da natureza do projeto podendo ser Contratos; Convênios, Acordo de Parcerias, Contratos de Prestação de Serviços, entre outros.

 

Como iniciar uma contratação?

Indica-se seguir o Fluxo como mapeamento:
https://processos.unila.edu.br/unidade_subprocesso/prppg/

Como é feita a Escolha da Fundação de Apoio?

Instrução Normativa nº 3/2020-PRPPG tem-se no Art. 19. A indicação da Fundação de Apoio estará a critério do Coordenador Gestor do Projeto embasando sua decisão em critérios objetivos e técnicos.
Parágrafo único. Recomenda-se que a indicação se dê pelo menor valor de taxa de administração cobrada.

*Atenção: para projetos vinculados a Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná (FA) é obrigatório usar a Fundação de Apoio a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (FUNTEF-PR).

Quais são os principais atores internos na Contratação de Fundação de Apoio?

- Coordenador Gestor do projeto;
- Coordenador Gestor Adjunto;
- O Fiscal e Suplente;
- A Divisão de Inovação Tecnológica e Fundação de Apoio.

O demandante interessado pode contatar diretamente a Fundação de Apoio?

Não há impedimento, porém é recomendável contatar primeiramente a DITEFA, pois os projetos normalmente envolvem outras Unidades da Universidade, sendo necessário uma conversa prévia com os envolvidos.

Qual é o tempo para um processo de contratação de Fundação de Apoio?

Dependendo da época e das instâncias colegiadas envolvidas pode-se levar de 90 a 120 dias.

É possível o pagamento de bolsas ou retribuição pecuniária, pela Fundação de Apoio, aos membros(as) vinculados à UNILA?

Sim. Ver detalhamentos no Art. 27. §1º; e Art. 28 da Resolução Nº 21/2019/CONSUN.

Quais exemplos de Projetos que podem ser operacionalizados via Fundação de Apoio?

- Especialização Lato Sensu;
- Projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão;
- Obras (somente relacionadas à Pesquisa, exemplo Laboratórios).

II) Inovação tecnológica e social

Qual é o papel do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT-UNILA)?

Tem como missão a gestão de políticas institucionais de inovação tecnológica e social, por meio de ações e processos de inovação, dando apoio às pesquisas que resultem na apropriação de conhecimento, via patente ou outros instrumentos legais, quando for o caso.

Como posso contatar o NIT-UNILA?

Telefone: (45) 3522-9755
Endereço eletrônico:

Qual é o procedimento para Proteção de Propriedade Intelectual gerada na UNILA?

O fluxo está disponível no espaço do inventor, nestes links:

https://portal.unila.edu.br/prppg/inovacao/inovacao-tecnologica/espaco-do-inventor

https://portal.unila.edu.br/prppg/inovacao/inovacao-tecnologica/perguntas-frequentes

É possível que empresas utilizem os espaços e infraestruturas da Universidade?

Sim, é permitido o compartilhamento de laboratórios, equipamentos, instrumentos, materiais e demais instalações, mediante remuneração da empresa parceira e por prazo determinado, nos termos do instrumento jurídico próprio.

 

III) Prestação de serviços remunerados, em atividades voltadas à inovação

Quem pode realizar prestação de serviços remunerados?

Segundo a Resolução do CONSUN nº 40, de 07 de dezembro de 2021, a prestação de serviços pode ser realizada por docentes com ou sem dedicação exclusiva; Técnicos Administrativos em Educação; Docentes visitantes desde o período da prestação não ultrapasse a vigência do contrato de trabalho.

Quem pode demandar a prestação de serviços à UNILA?

Quaisquer organizações com ou sem fins lucrativos e órgãos públicos.

Quais são os documentos necessários para realização de Prestação de Serviços Remunerados por Docentes com dedicação exclusiva?

Deverá preencher o Requerimento de Prestação de Serviços Remunerados (RPSR), que deverá conter as seguintes informações:
I - título do projeto;
II - vinculação com suas áreas de atuação;
III - período de duração da atividade, com data de início e de fim e carga horária total;
IV - local de realização da colaboração e a forma de participação;
V - indicação do número do processo do convênio, contrato, acordo ou instrumento legal aprovado, quando for o caso;
VI - declaração de que não haverá prejuízo de atividades acadêmicas e/ou atividades compromissadas junto à UNILA;
VII - especificação do benefício que a colaboração trará para a UNILA, de ordem institucional, pedagógica, material e/ou produção intelectual;
VIII - declaração de que o recebimento não ultrapassa o teto estabelecido nesta Resolução.

Qual o procedimento dos Servidores quando a Prestação de Serviços for realizada nas instalações da UNILA?

Apresentar Plano de Trabalho à DITEFA constando as seguintes informações:
I - caracterização da natureza da atividade, contendo identificação do objeto, justificativa, objetivos, participantes, responsáveis, metas e cronograma;
II - especificação do orçamento completo;
III - apresentação dos valores de remuneração dos participantes e os valores a serem repassados como ressarcimento à UNILA, quando for o caso;
IV - definição dos termos e condições relativos aos direitos autorais, patentes e licenças sobre produtos, bens, processos e serviços, quando for o caso;
V - especificação do processo de divulgação e publicação de resultados, quando não houver restrição justificada.

Qual tipo de Instrumento jurídico será utilizado para Prestação de Serviços Remunerados?

Cada prestação de serviços será analisada segundo o Plano de Trabalho, podendo ser definido Acordos, Convênios ou Contratos.

Há um valor limite para as bolsas e retribuição pecuniária referente aos serviços prestados?

Sim. Os valores são os limites correspondentes às bolsas da CAPES, CNPq e FA, ou bem, os limites de bolsas definidos por normas específicas internas e/ou dos parceiros.

Quantas horas o Docente em regime de dedicação exclusiva poderá dedicar à Prestação de Serviços Remunerados?

Computadas isoladamente ou em conjunto, 8 horas semanais ou 416 horas anuais.

A UNILA pode realizar prestação de serviços gratuitos?

Sim, destinados a beneficiar setores com maior vulnerabilidade social.

 


 

Comissões em Pesquisa

A PRPPG, com ações específicas tem apoio de comissões e/ou comitês formados por servidores, discentes e membros da comunidade externa a depender da legislação vigente.
Saiba mais em: https://portal.unila.edu.br/prppg/comissoes-pesquisa

 

Departamento de Pós-Graduação (Lato e Stricto Sensu)

Como funciona o Departamento de Pós-graduação da PRPPG?

O Departamento de Pós-graduação, da PRPPG, está subdivida na Divisão de Pós-Graduação Stricto sensu e Divisão de Pós-Graduação Lato sensu. Suas ações e políticas são voltadas para o apoio à Pós-graduação dentro de políticas e atividades específicas.
Saiba mais: https://portal.unila.edu.br/prppg/pos-graduacao/normas

Qual a diferença entre cursos lato sensu e stricto sensu?

Lato significa “amplo” e stricto significa “estrito”, isso na pós-graduação significa que as especializações lato sensu abarcam temas de forma mais abrangentes e tendem ao aprimoramento profissional. Já os cursos stricto sensu fazem uma abordagem mais incisiva em temas acadêmico-científicos.

Qual a diferença entre mestrado/doutorado acadêmico e profissional?

Mestrado e doutorado acadêmicos visam capacitar profissionais para o exercício de atividades de ensino , para o desenvolvimento de pesquisa científica, ou desenvolvimento tecnológico e social que represente uma contribuição original e criava na respectiva área de conhecimento. O egresso estará qualificado como pesquisador e formador de recursos humanos para a pesquisa.

Mestrado e doutorado profissionais visam possibilitar condições para o desenvolvimento de uma prática profissional transformadora, por meio da incorporação do método científico e da aplicação dos conhecimentos de novas técnicas e processos.

Quem pode ser aluno de um programa de pós-graduação?

Brasileiros com diploma de curso superior reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) ou estrangeiros com diploma de curso superior reconhecidos pelos órgãos reguladores similares ao MEC em seus países. Aprovados em editais de processo seletivo.

Terei bolsa assim que ingressar no mestrado/doutorado?

Não há garantia, pois depende do orçamento, do número de bolsas que o Programa tem e também do número de estudantes que as pleiteiam.

Como posso obter uma bolsa de mestrado/doutorado?

Há dois tipos de bolsa que você pode pleitear: as distribuídas pela própria UNILA, que chamamos de PROBIU (Programa de Bolsas Institucional da UNILA), e as disponibilizadas por agências de fomento (CAPES, CNPq e Fundação Araucária), é recomendável que você acompanhe os editais publicados e que você converse com seu(sua) orientador(a).

Posso acumular bolsa de estudos com atividade remunerada?

Sim. Porém início do vínculo empregatício tem que ser posterior ao início da bolsa, ou seja, é possível que um/a aluno/a que já é bolsista comece a trabalhar e a acumular as duas remunerações, mas uma bolsa não é concedida a um/a aluno/a que já esteja trabalhando.

Além disso, a atividade remunerada precisa ser na área do seu estudo, contribuindo assim para sua formação profissional na área do programa.

Onde encontro os editais de processos seletivos?

No Portal de Documentos da UNILA, acesse aqui.

Como tirar dúvidas sobre um curso específico de pós-graduação?

Clicando <https://portal.unila.edu.br/mestrado> para mestrado e doutorado ou <https://portal.unila.edu.br/especializacao> para especialização, você tem acesso aos cursos de pós-graduação. Escolha o curso do seu interesse e encontre mais informações sobre ele e o contato da coordenação e secretaria acadêmica.

Quais cursos de pós-graduação a UNILA oferece?

Para mais informações acesse: <https://portal.unila.edu.br/mestrado> e <https://portal.unila.edu.br/especializacao>

Qual é o valor cobrado pelos cursos?

Os cursos de pós-graduação da UNILA são gratuitos.

Como se dá o reconhecimento de diplomas Stricto Sensu obtidos no exterior?

A minuta do documento, que regulamentará na UNILA os procedimentos para o reconhecimento de diplomas de Pós-graduação Stricto Sensu obtidos no exterior, está em fase de construção. Tão logo esteja vigente, a UNILA, por meio da Plataforma Carolina Bori, informará à comunidade as áreas e número de vagas para o recebimento de solicitações de reconhecimento de diplomas.

Qual a carga horária de um curso de especialização?

De acordo com a Resolução MEC nº 001/2018, os cursos de pós-graduação lato sensu, a carga horária mínima deve ser de 360 (trezentos e sessenta) horas.
<https://portal.unila.edu.br/prppg/pos-graduacao/normas#section-0>

Onde posso encontrar quais docentes ministram as aulas dos cursos?

Clicando <https://portal.unila.edu.br/mestrado> e <https://portal.unila.edu.br/especializacao> você tem acesso a todos os programas e cursos oferecidos. Ao entrar no programa ou curso de interesse, clique na aba “Corpo Docente” para mais informações.

Como saber quando um curso é presencial ou EaD?

Os cursos de pós-graduação da UNILA ocorrem em sua maioria na modalidade PRESENCIAL. Porém, em decorrência da situação de pandemia as aulas estão acontecendo de forma remota. Qualquer alteração desta situação será deliberada em conselhos superiores.

Atualmente, a UNILA possui apenas um curso voltado para a Educação a Distância: Especialização em Gestão em Saúde em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), que conta com turmas nos polos das cidades de Foz do Iguaçu, Laranjeiras do Sul, Céu Azul e Guaraniaçu.
<https://portal.unila.edu.br/especializacao/gestao-saude>

Qual a diferença entre aluno regular e aluno especial?

O(a) discente com matrícula regular possui vínculo com o programa e pode cursar disciplinas, também tendo que cumprir com todas as obrigações e prazos do regulamento. O(a) discente com matrícula especial não tem vínculo com o programa, podendo somente cursar disciplinas isoladas, que podem ser aproveitadas quando ingressar como discente regular do programa.

Qual o período/turnos de realização das aulas de disciplinas?

As disciplinas são semestrais e no mestrado/doutorado as aulas são realizadas ao longo da semana, podendo funcionar, a depender de cada programa, nos três períodos (manhã, tarde e noite), inclusive aos sábados. Não há horários e dias pré-fixados. Já as especializações as aulas são realizadas preferencialmente nas sextas a noite e aos sábados no período diurno e esporadicamente no período noturno ao longo da semana e nos editais contêm os horários e dias pré-fixados.


 

Departamento de Pesquisa

Como funciona o Departamento de Pesquisa da PRPPG?

O Departamento de Pesquisa, da PRPPG, está subdivido na Divisão Fomento à Pesquisa e Divisão Iniciação Científica. Suas ações e políticas são voltadas para o apoio a pesquisa na UNILA, seja para docentes e discentes (graduação ou pós-graduação).

Que preocupações preciso ter com e para o desenvolvimento da pesquisa?

Na UNILA há uma série de normatizações que visam dar transparência, isonomia e impessoalidade, sejam nos processos de seleção (iniciação científica e/ou apoio aos/às pesquisadore(a)s da instituição, quanto durante o desenvolvimento da pesquisa pelos docentes ou discentes.
Saiba mais em: https://portal.unila.edu.br/prppg/pesquisa/normas 

Quero cadastrar ou renovar meu projeto de pesquisa. O que preciso saber?

Acesse: https://portal.unila.edu.br/prppg/pesquisa/projetos

Quero cadastrar meu Grupo de Pesquisa. O que preciso saber?

Acesse: https://portal.unila.edu.br/prppg/pesquisa/grupos


Divisão Fomento à Pesquisa

De onde vem os recursos que Fomento à Pesquisa na UNILA?

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, com objetivo de incentivar a produção e a divulgação científica, além de apoiar a qualificação da comunidade acadêmica, realiza o lançamento periódico de editais com recursos próprios, isto é, de seu orçamento anual da PRPPG. Além disso, promove parcerias junto a agências de fomento à pesquisa (Fundação Araucária, FINEP, CNPq, etc), no qual, o acompanhamento das atividades resultantes destas ações, são realizadas pela Divisão de Fomento à Pesquisa.

Os editais de fomento à pesquisa, através de suas diferentes modalidades de apoio, contemplam docentes, estudantes de pós-graduação e graduação.

Os editais permitem financiar projetos e grupos de pesquisa, possibilitando o aporte de recursos para a divulgação de pesquisas realizadas, em eventos nacionais e internacionais, aquisição de equipamentos bem como sua manutenção, publicação de artigos, licença a publicações eletrônicas, pesquisa de campo, aquisição de serviços, entre outros.

O que norteia os editais de fomento à pesquisa?

Em via de regra, os editais são fundamentados em documentos (resoluções) aprovados pelo CONSUN e/ou COSUP.
Saiba mais em: https://portal.unila.edu.br/prppg/pesquisa/fomento e https://portal.unila.edu.br/prppg/pesquisa/normas

Com que periodicidade são lançados os editais de fomento à pesquisa?

Os lançamentos dos editais (chamadas) levam em conta as questões orçamentárias da Universidade, isto é, a disponibilidade do recurso anualmente estabelecerá o lançamento das chamadas.

O que financia o edital de fomento à pesquisa?

Os editais de fomento a pesquisa, comumente financiam itens classificados como custeio, podendo, contudo, apoiar despesas classificadas como investimento.Cada edital delimitará o que irá financiar (itens de custeio, investimento, ou, ambos).

Há alguma data/período específica(o) em que ocorre lançado os editais de fomento à pesquisa?

Não, não há.

Como faço para utilizar e/ou prestar contas do recurso recebido nos editais de fomento à pesquisa?

No link da sequência, segue acesso ao Manual para Aquisição de materiais e Prestação de Contas, em que detalha os procedimentos a serem tomados nas atividades
https://portal.unila.edu.br/prppg/manuais-documentos-de-auxilio

Como é distribuído o recurso proveniente das Chamadas Públicas de agências de fomento?

No caso de Chamadas Públicas em que prevê a submissão de propostas institucionais (convênios institucionais), a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação elabora um edital interno de acordo com o valor previsto de ser obtido junto à agência de fomento, seguindo as diretrizes propostas na chamada pública e, caso haja resolução aprovada para a matéria em questão, sob o amparo desta.

No caso de Chamadas Públicas, em que prevê a submissão de propostas individuais (convênios individuais), não há intervenção da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, no sentido regulatório para submissão e envio de proposta. Todavia, pode haver a necessidade, de acordo com Chamada Pública, de anuência do projeto proposto, pela Pró-Reitoria de Pesquisa da IES ao qual o proponente está vinculado.

Há diferença na operacionalização de recursos provenientes de parcerias com agência de fomento (Fundação Araucária, FINEP, etc) e recurso oriundo da Universidade?

Sim. Os recursos provenientes dessas agências de fomento são transferidos diretamente para a Universidade, todavia, o recurso está disponível para uso pelo coordenador da proposta contemplada, no qual, deverá se atentar aos procedimentos apresentados no Manual para aquisição de materiais e prestação de contas. A aquisição dos produtos é realizada pela Universidade.

Os recursos provenientes da Universidade são transferidos diretamente para o CPF do pesquisador, por conseguinte, as compras previstas no projeto aprovado, são realizadas também pelo pesquisador, todavia, seguindo os procedimentos dispostos no Manual para aquisição de materiais e prestação de contas.

Os editais de fomento à pesquisa possibilitam despesa com reembolso?

Não. As aquisições quer seja com recurso proveniente de parcerias com agências de fomento quer seja com recurso institucional, possuem um período pré-determinado para execução.

 

Divisão de Iniciação Científica

O que é o Programa Institucional de Iniciação Científica?

 O Programa Institucional de Iniciação,  tem como objetivo geral contribuir para a formação de recursos humanos para pesquisa, despertando a vocação científica e tecnológica, incentivando talentos potenciais entre estudantes de graduação.

Quem são os responsáveis pelas iniciação científica na UNILA?

O comitê responsável pela iniciação científica é o CLIC: Comitê Permanente Local de Iniciação Científica (Órgão normativo, consultivo e deliberativo responsável por estabelecer diretrizes gerais que definam uma política de iniciação científica). (Mais informações: clique aqui), com ações - por vezes - compartilhada com a COSUP. A Divisão de Iniciação tem o papel dar o suporte necessário e fazer cumprir as regras estabelecidas pelo CLIC e/ou COSUP.

O que faz a Divisão de Iniciação Científica?

Somos responsáveis por acompanhar todas as ações de iniciação científica na UNILA, que vão desde implementação ao pagamento das bolsas, atenção a Chamadas Públicas que envolvam a IC, organização do evento de IC na instituição etc.

Como faço para saber mais sobre a iniciação científica?

Acesse o seguinte link:
https://portal.unila.edu.br/prppg/arquivo/perguntas-frequentes-iniciacao