Você está aqui: Página Inicial > IMEA > Cátedras Latino-Americanas > Cátedras Latino-Americanas
conteúdo

Cátedras Latino-Americanas

publicado 01/10/2018 17h38, última modificação 02/05/2019 14h56
As Cátedras do Instituto Mercosul de Estudos Avançados (IMEA-UNILA) foram concebidas com o propósito de reforçar a vocação latino-americana da UNILA, trazendo pesquisadores do mais alto nível para promover debates acerca de diversos temas referentes à América Latina.

As Cátedras do Instituto Mercosul de Estudos Avançados (IMEA-UNILA) foram concebidas com o propósito de reforçar a  vocação latino-americana da UNILA, trazendo pesquisadores do mais alto nível para promover debates acerca de diversos temas referentes à América Latina. Além disso, as cátedras orientam o planejamento dos cursos de graduação, pós-graduação e de futuros mestrados e doutorados, nacionais e internacionais da UNILA.

Entre agosto de 2009 e dezembro de 2013, o Programa de Cátedras Latino-Americanas conta com 20 edições. Cada Cátedra tem um patrono escolhido entre nomes de pensadores latino-americanos que legaram uma relevante contribuição acadêmico-científica, associada a uma área do saber, e oriundo de diferentes países da América Latina. Quanto aos fundadores das Cátedras, estes foram escolhidos pelo prestígio acadêmico-científico na respectiva área de conhecimento e pela reconhecida competência internacional em sua especialidade.

Cada professor convidado para fundar as Cátedras desenvolve um programa de atividades que inclui três conferências-seminário, num total de 12 horas, para professores e alunos de nível de pós-graduação oriundos da Região Trinacional formada por Argentina, Brasil e Paraguai.

As cátedras são realizadas com o apoio da Itaipu Binacional, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Ministério da Ciência e Tecnologia. Cada conferência foi transmitida online e acessada por estudantes e interessados. Todas serão publicadas em distintos suportes, sob a responsabilidade do IMEA-UNILA, como forma de democratizar o conhecimento.


Cátedras já realizadas

 

2017

 

2016

  • Cátedra de Estudos para a Paz, fundada por Francisco Rojas, doutor em Ciência Política pela University of Utretcht, e atual Reitor da University for Peace - UPEACE (Universidade para a Paz) - Costa Rica, em 04 de maio de 2016.

 

2014

2013

  • Cátedra Glauber Rocha de Cinema Latino-Americano, fundada por Jorge Ruffinelli, professor e Diretor do Department of Iberian and Latin American Cultures, da Universidade de Stanford, em 20 de maio de 2013.

  • Cátedra Latino-Americana Raul Fernandes de Direito Internacional, fundada por Antônio Augusto Cançado Trindade, membro do Tribunal Internacional de Justiça e professor da Universidade de Brasília, em 23 de agosto de 2013.

 

2012

  • Cátedra Latino-Americana Simón Bolívar de Integração Regional em Perspectiva Comparada, fundada pelo pesquisador Philippe Schmitter, do Departamento de Ciências Políticas e Sociais do Instituto Universitário Europeu (Florença - Itália), em 07 de Maio de 2012.

 

2011

  • Cátedra Latino-Americana Carlos Quijano: Comunicação Democracia e Cidadania, fundada por Jesus Martin-Barbero, professor do Centro de Estudos Sociais da Universidad Nacional de Colombia, em março de 2011.

  • Cátedra Latino-Americana León Cadogan: História, Sociedade e Cultura Guarani, fundada por Bartomeu Melià, jesuíta e antropólogo espanhol, membro da Comissão Nacional de bilinguismo do Paraguai, em junho de 2011.

  • Cátedra Latino-Americana Juan Carlos Portantiero: Estado, Nação e Democracia no Peru, fundada por Julio Cotler, professor da Universidad Nacional de San Marcos, em julho de 2011.

  • Cátedra Latino-Americana Leopoldo Zea: Filosofia e Epistemologia da Ciência, fundada pela professora Olga Pombo, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), em agosto de 2011.

  • Cátedra Latino-Americana Daniel Villegas - História da América Latina, fundada pelo historiador Leslie Bethel, membro da Academia Brasileira de Ciências, em 28 Novembro de 2011.

 

2010

  • Cátedra Latino-Americana Eugênio de Santa Cruz y Espejo: Saúde Pública na América Latina, fundada por Maria Isabel Rodriguez, ex-Reitora da Universidad de El Salvador e atual Ministra da Saúde de El Salvador, em agosto de 2010.

  • Cátedra Latino-Americana Bernardo Houssay: Neurociência e Inclusão Social, fundada por Miguel Ângelo Laporta Nicolelis, Co-Diretor do Centro de Neuroengenharia da Universidade Duke (EUA), Diretor Científico do Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra, em novembro de 2010.

 

2009

  • Cátedra Latino-Americana Amilcar Herrera: Ciência, Tecnologia, Inovação e Inclusão Social, fundada por Hebe Vessuri, pesquisadora sênior do IVIC (Venezuela), em agosto de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Celso Furtado: Economia e Desenvolvimento, fundada por Aldo Ferrer, Professor Emérito da Universidad de Buenos Aires (Argentina), em setembro de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Andrés Bello: Educação Superior Comparada, fundadora Carmen Guadilla, pesquisadora do CENDES da Universidad Central de Venezuela, em outubro de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Octavio Ianni: Desenvolvimento Rural Sustentável e Segurança Alimentar, fundada por Jacques Chonchol, ex-Diretor do IEHAL (França), em setembro de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Francisco Bilbao: Integração e Identidade Latino-Americana, fundada por Miguel Rojas Mix, da Cátedra UNESCO de Cooperación Cultural, em outubro de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Josué de Castro: Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, fundada por Ignacy do EHESS (França), em novembro de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Augusto Roa Bastos: Literatura Latino-Americana, fundada por Flávio Loureiro Chaves, Professor Titular aposentado da UFRGS, em novembro de 2009, cujo formato específico conta com um site próprio: http://unila.edu.br/catedras-guarani

  • Cátedra Latino-Americana Juan Jose Giambiagi: Ciências Físicas e as Novas Fronteiras Tecnológicas, fundada por Celso Pinto de Melo, da Academia Brasileira de Ciências e Presidente da Sociedade Brasileira de Física, em novembro de 2009.

  • Cátedra Latino-Americana Crodowaldo Pavan: Ciências da Vida: Evolução e Biodiversidade, fundada por Francisco Salzano, da Academia Brasileira de Ciências, em dezembro de 2009.