Você está aqui: Página Inicial > Secretaria de Comunicação Social - SECOM > Perguntas Frequentes
conteúdo

Perguntas Frequentes

publicado 02/02/2022 11h13, última modificação 08/06/2022 10h36
Secretaria de Comunicação Social (SECOM)

 A Secretaria de Comunicação Social (SECOM) é responsável pelo planejamento e execução das políticas de comunicação da Universidade, em consonância com sua missão, visão e valores.

Nesta página, é possível encontrar informações sobre os serviços realizados pela Secretaria. Mais informações podem ser acessadas nas normativas.

 

Portal UNILA

O que é uma notícia?

Para um assunto virar notícia e ser publicado ele precisa ter um patamar de importância e interesse para os cidadãos. O espaço de notícias do site tem um caráter institucional ou de assuntos relacionados à produção de conhecimento ou contribuição da universidade na comunidade.

Como sugerir pautas?

Na hora de cadastrar a solicitação no Comunica, inclua todas as informações disponíveis, cite responsáveis, encaminhe fotos. Caso lembre de conteúdos que podem ser relacionados ou complementares a temática, você pode citá-los.

Onde a pauta vai sair?

A equipe da SECOM analisa as pautas e decide se um assunto é ou não notícia para determinado veículo/canal de comunicação. Por exemplo, alguns assuntos são adequados para o site; outros podem funcionar melhor nas mídias sociais ou assessoria de imprensa. Vários aspectos são levados em consideração - por exemplo, a agilidade necessária, a capacidade do conteúdo de ser relevante em vários canais etc.

Como posso saber como a SECOM trabalha os procedimentos e critérios para a produção de materiais jornalísticos?

A Instrução Normativa SECOM nº 01/2022 apresenta todas as informações. Vale destacar os critérios de noticiabilidade: amplitude/impacto, atualidade; ineditismo; novidade; inovação; notoriedade; proximidade; relevância; repercussão e utilidade/serviço.

Como divulgar meu evento na página da UNILA?

Diariamente, muitos eventos acontecem na Universidade. Existe um desafio que é fazer a comunicação chegar aos públicos específicos de cada evento, em tempo hábil. Uma possibilidade é a agenda de eventos do site. Para ver seu evento lá, é necessário enviar uma solicitação no Comunica. Mas, lembre-se: apenas eventos institucionais saem nessa página. Caso o evento não seja no âmbito da UNILA, ele vai sair na editoria Fique por dentro, do La Semana Unilera.

Como deixar a divulgação de eventos mais atrativa?

Uma boa divulgação de eventos precisa respeitar um prazo adequado. As peças gráficas e seu conteúdo precisam conversar com o público-alvo. É importante analisar a data escolhida, evitando períodos com alta concentração de atividades. E outra consideração importante é que alguns eventos terão um maior apelo ao público em geral. Outros, com um público mais segmentado, podem ter menos participantes.

Além da agenda do site, onde mais posso divulgar?

SigEventos: a UNILA conta com um sistema de apoio para a organização de eventos acadêmicos e científicos, o SigEventos. No sistema é possível ter uma série de serviços de apoio como a gestão de certificados, cadastro das atividades do evento além de gerar um calendário unificado de eventos da universidade. Para cadastrar seu evento no sistema consulte o apoio administrativo de sua unidade.

Como faço para sugerir um tema para a Charla?

Você já assistiu as Charlas que estão no Canal da UNILA, no YouTube? Então, a pauta delas é criada com base nas temáticas dos eventos que acontecem na Universidade. Para saber quais eventos podem gerar uma Charla, a pesquisa é feita na agenda de eventos do site, ou então por sugestão direta do organizador do evento, via Comunica.

Assessoria de Imprensa

Conheço profissionais da imprensa, posso contatá-los diretamente?

É importante compartilhar a pauta com a equipe da SECOM. Inclusive, o atendimento pode ser feito com a consultoria da SECOM. A equipe pode apoiar a demanda, considerando as especificidades da mídia impressa, televisiva ou digital.

Se algum veículo de comunicação me procurar diretamente para falar da UNILA, o que eu faço?

Preferencialmente, procure sempre a SECOM primeiro, para avaliação, pois é a área responsável por zelar pela imagem da instituição. No caso da Assessoria, a equipe da SECOM, pode auxiliar no levantamento de informações institucionais, acompanhar nas entrevistas e fazer a mediação com o veículo.
Além disso, caso não seja possível ou necessário que o trabalho seja feito pela Secretaria, você será orientado(a) sobre como proceder.

Se algum veículo de comunicação me procurar para falar de um tema que não domino, o que eu faço?

Você pode direcionar o atendimento para a SECOM. A assessoria tem o Guia de Fontes, onde são armazenados dados sobre professores, pesquisadores e membros da administração da Universidade. Assim, a unidade mantém um rico banco de dados com os contatos, especificações sobre o tipo de trabalho que realiza na universidade, a área de especialização, os projetos de que o professor participa e quais são os assuntos que domina.

Tenho receio em falar com a imprensa. Como a SECOM pode me ajudar?

A Secretaria de Comunicação preza por dar o apoio necessário no atendimento da demanda da imprensa e também dos entrevistados. Antes da entrevista ocorrer, o entrevistado será orientado pela equipe de comunicação sobre as melhores práticas na relação com a imprensa.

Sou servidor da UNILA e recebi uma solicitação de entrevista sobre o trabalho e/ou pesquisa que desenvolvo na UNILA, como devo proceder?

As solicitações de entrevistas para veículo de imprensa devem ser comunicadas à SECOM, especificamente para área responsável pela assessoria de imprensa, para fins de registro e acompanhamento da secretaria, por meio do correio eletrônico ; ou pelo whatsapp da assessoria de imprensa (45) 99149-2092

Sou jornalista e procuro fonte da UNILA, desejo marcar entrevista com alguma fonte específica ou gostaria de solicitar informações sobre a Universidade para elaboração de uma matéria, como faço a solicitação?

A solicitação pode ser feita por meio do correio eletrônico da assessoria de imprensa "imprensa@unila.edu.br"; ou pelo whatsapp da assessoria de imprensa (45) 99149-2092.

Portal de Documentos

Como funciona o Portal de Documentos?

A página é gerida pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação e as áreas têm autonomia para realizar as publicações dos documentos.

As solicitações de acesso, sugestões de melhoria e pedidos de manutenção ao Portal de Documentos podem ser realizadas através do sistema Comunica (https://comunica.unila.edu.br), na categoria “Atualizações do site”. Porém, a SECOM fará a transferência da demanda para o setor de Tecnologia da Informação, para análise e devidos encaminhamentos.

La Semana Unilera

Como solicitar publicação no La Semana?

A maior parte do conteúdo do La Semana Unilera é colaborativo, ou seja, as sugestões são enviadas pela comunidade acadêmica através da abertura de um ticket pelo Comunica.

Existe prazo para enviar informações?

Sim, as sugestões enviadas até às 14h serão publicadas na área de informes do Portal da UNILA no mesmo dia – e enviadas na edição do La Semana no dia útil subsequente.

Não estou recebendo o La Semana no e-mail, o que faço?

Você pode assinar a newsletter, usando o e-mail de sua preferência para receber o informativo diariamente – não precisa ser seu e-mail institucional.

Como é feita a gestão do conteúdo?

A equipe de Comunicação Interna da SECOM gerencia a ordem de postagem dessas informações na área de informes do Portal, seguindo as definições da Resolução CONSUN 06/2014.

"Mas ninguém lê o La Semana! Eu prefiro um Informe Extra, como faço?"

Além das pesquisas já realizadas, que provam o contrário, as duas edições semanais eram acessadas por cerca de 1.300 pessoas, ao longo das primeiras 12 horas do envio de cada edição. Além disso, com a newsletter sendo diária, o Informe Extra não tem mais motivos para ser mantido.

Mídias Sociais

Quanto mais páginas da Universidade melhor?

Sempre que uma área ou setor decide criar uma página ou perfil em rede social, é necessário pensar que elas necessitam de atualização e monitoramento diários. Uma rede sem movimentação contribui para gerar uma imagem negativa da Instituição. É preciso ter cuidado, também, com a apuração da informação. E vale pensar que hoje os alcances orgânicos estão cada vez mais difíceis. Chegar ao público-alvo sem investimento tornou-se um desafio. Assim, somar com as redes oficiais pode garantir um melhor resultado.

As redes sociais permitem que todos sejamos comunicadores?

Sim, as redes trouxeram essa possibilidade, que é bastante positiva. Todos estamos conectados, observando, teclando, dando opiniões. Mas, a situação pede um pouco de cuidado quando se fala de perfis institucionais, afinal, é a UNILA falando. Vários fatores precisam ser considerados nas postagens: linguagem, qualidade da informação, atualização constante, direcionamento adequado para mais informações, por exemplo. Na dúvida, a melhor opção é sempre consultar a SECOM.

 

Por que alguns conteúdos não são publicados nas redes sociais e, quando são, não são publicados em todas?

Com o excesso de informação circulando pelas redes sociais, surge a necessidade de avaliar em qual rede a informação se encaixa melhor. Por isso, você vai perceber que os conteúdos não são, geralmente, replicados em todas as redes. E quando são, não estão no mesmo formato. Existe a adaptação de conteúdo, linguagem e exibição, conforme o formato e objetivo de cada rede, bem como o perfil dos usuários.

Ao sugerir uma pauta, preciso especificar no Comunica a publicação nas redes sociais?

Não é necessário. A equipe faz este trabalho de avaliar as possibilidades de cada pauta e considera o público-alvo e, assim, redireciona para a publicação nos canais adequados.

Programação Visual

Como posso saber se o pessoal está demorando para entregar a minha demanda?

Ao cadastrar a demanda, via Comunica, o prazo mínimo para elaboração é de 08 dias (úteis, considerando a fila de trabalhos em andamento). Para informações sobre procedimentos e prazos, você pode acessar a Instrução Normativa SECOM nº 01/2022.

O que não é responsabilidade da Programação Visual?

A elaboração de materiais para eventos não organizados pela Universidade; Planejamento de campanhas não condizentes com o interesse dos públicos interno e externo da Universidade e a criação de logotipos. Além destes, relatórios e outros documentos de uso interno também não são de responsabilidade da SECOM.

Tenho conhecimento de softwares de edição de imagem, posso criar materiais de divulgação por conta?

A SECOM atende diariamente uma grande quantidade de projetos, por isso, é importante contar com o apoio daqueles que podem produzir seus próprios conteúdos. Você pode ajudar a divulgar as ações da UNILA produzindo seus próprios materiais e a equipe da SECOM pode te ajudar na divulgação destas ações, basta cadastrar lá no Comunica sua necessidade e incluir seus materiais como anexo.
Se necessário, a SECOM pode dar apoio e dicas durante a produção dos materiais, sempre visando contribuir tecnicamente.

Posso utilizar a marca da universidade nos materiais e divulgação de atividades que pretendo realizar?

Você pode utilizar a marca da universidade quando a atividade que estiver promovendo for institucional, ou seja, tenha vínculo com as ações de ensino, pesquisa e extensão. Qualquer uso fora deste contexto deve ser previamente comunicado à SECOM, através do e-mail comunicacao@unila.edu.br.
Saiba mais sobre as regras de uso da marca UNILA.

Produções Audiovisuais 

Como solicitar a transmissão do meu evento no Canal da UNILA?

Para transmissão ao vivo no canal oficial da UNILA, a solicitação deve ser feita pelo sistema Comunica, através do tópico “Audiovisual”. O agendamento do serviço precisa ocorrer com 15 dias úteis de antecedência da data do evento.

Existem restrições para solicitar esse serviço?

Somente serão veiculados no canal oficial da UNILA:
- Eventos de natureza técnico-científicos com vínculo expresso com ações de ensino, pesquisa ou extensão vigentes na universidade.
- Eventos realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h.
- Por questões de segurança serão assistidos eventos realizados na plataforma RNP, para transmissão ao vivo no canal oficial no Youtube.

Onde posso encontrar os podcasts da UNILA?

Os arquivos de todos os programas, ficam disponíveis no Canal da UNILA no Youtube/Anchor/Spotify.

Mas a área de audiovisual é focada apenas nas produções da SECOM?

A área tem foco em amplificar a divulgação científica da universidade, por isso segue um planejamento de produções audiovisuais próprias, que são seus principais serviços. Estas produções deram outra cara ao canal da Universidade no Youtube, ampliando a audiência e divulgando a universidade. Mas além destas produções a área de audiovisual atende solicitações de serviços, em especial as transmissões de eventos acadêmicos online, pelo canal da universidade. Projetos de maior complexidade como filmes, documentários ou outros formatos não são atendidos em razão das limitações de equipe e estrutura.

A Universidade tem diversas atividades acontecendo a cada momento em todos os seus espaços. Mas, não temos cobertura destas ações. Por quê?

A equipe não tem estrutura para cobrir as diversas atividades da universidade. E também se faz necessário levantar a questão do uso destes registros. São registros para arquivo, para divulgação, para questões de comprovação legais? Sem contar que todo registro precisa de espaço para armazenamento. Por isso, a SECOM privilegia a produção de conteúdos próprios, com um formato e linguagem adequados para comunicação digital.

A SECOM aceita material colaborativo?

Nos cadastros de solicitação de serviço, via Comunica, você pode enviar fotos e vídeos, junto ao conteúdo. Se necessitar, podemos dar os créditos. No La Semana Unilera, por exemplo, existe uma editoria chamada “UNILA em imagens”. As produções acadêmicas em audiovisual são publicadas no Uplay, gerenciado pelos estudantes do curso de Cinema.

Quais serviços posso solicitar em Audiovisual?

Para o serviço de “Audiovisual” é possível cadastrar sugestões de temáticas para programas da SECOM (Charla, Fator Ciência e outras webséries). Os serviços disponíveis para solicitação são gravações dos programas da SECOM, registro fotográfico e transmissão online (para atender as demandas durante o trabalho remoto).

Comunica

Como saber o que eu posso/devo solicitar?

Você pode solicitar - ou sugerir - uma divulgação sobre qualquer atividade, evento ou novidade relacionada à UNILA.

Mas, como eu vou saber se minha sugestão é relevante?

Não se preocupe, a equipe avalia todas as solicitações que chegam e determina a formas de realizar a comunicação mais adequada, levando em consideração os públicos envolvidos e o potencial noticioso da informação.

E se eu cadastrar um ticket na categoria errada?

Não tem problema! A equipe irá avaliar a sugestão e, se necessário, encaminhar para o departamento competente. Você não precisará refazer o processo.

E se eu quiser solicitar mais de um tipo de serviço para o mesmo evento/atividade?

Não é necessário cadastrar tickets repetidos para o mesmo assunto. Ao abrir o ticket, apenas preencha corretamente todos os campos e informe que deseja divulgar o tema em vários canais de comunicação da UNILA, e a equipe da SECOM irá redistribuir os trabalhos internamente.

Todos os meus pedidos serão atendidos?

Todos os pedidos serão avaliados pela equipe e, caso se enquadrem nos critérios da SECOM, serão atendidos. Porém, nem sempre um pedido será atendido exatamente da maneira como o demandante imaginou, já que a equipe da SECOM poderá encontrar formas mais adequadas para a realização do trabalho, levando em conta critérios como o público a quem o material se destina, o prazo, a fila de prioridades de trabalho, entre outros quesitos.

Como eu vou saber se minha solicitação foi atendida?

Você receberá, no e-mail cadastrado, uma resposta do sistema indicando que o seu produto ou serviço foi realizado/divulgado.

Não quero esperar pela SECOM. Posso criar minha própria página no Facebook ou entrar em contato diretamente com a imprensa?

A SECOM é a área responsável por zelar pela imagem da instituição, portanto, é sempre fundamental que as necessidades sejam avaliadas pela equipe. O contato com a imprensa precisa passar - impreterivelmente - pela SECOM. Já a abertura de novos canais em mídias sociais será avaliada e, se necessário, você receberá orientações de como proceder, desde que respeitadas as normas da instituição.

Como posso contribuir para melhorar a qualidade e agilidade na divulgação?

Ao fazer sua solicitação, via Comunica, insira as informações de forma completa e detalhada, incluindo arquivos de apoio como imagens ou textos. Informações insuficientes ou desordenadas podem atrasar o início da divulgação ou prejudicar sua qualidade.