Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Primeira semana letiva é dedicada ao acolhimento aos novos estudantes
conteúdo

Institucional

Primeira semana letiva é dedicada ao acolhimento aos novos estudantes

As atividades de recepção incluem informações úteis para a vida universitária e o dia a dia em Foz do Iguaçu
publicado: 07/03/2018 00h00, última modificação: 12/01/2019 00h18
Exibir carrossel de imagens Os novos estudantes formaram grupos para debater temas relacionados à América Latina

Os novos estudantes formaram grupos para debater temas relacionados à América Latina

Durante toda a semana, os novos estudantes da UNILA estão participando de uma série de atividades de recepção preparadas pela Universidade. É neste momento de acolhimento que os calouros se integram com o ambiente acadêmico, além de receberem informações que serão úteis para a vida universitária e para o seu dia a dia em Foz do Iguaçu. A segunda-feira (5) foi reservada para a direção dos Institutos e a coordenação dos Centros Interdisciplinares apresentarem os cursos e a estrutura da Universidade, além de darem as boas-vindas aos calouros.

Os novos estudantes formaram grupos para debater temas relacionados à América Latina

O reitor Gustavo Oliveira Vieira falou sobre os diferenciais da UNILA

Na tarde desta terça-feira (6), no Cineteatro Barrageiros (PTI), o evento foi aberto com uma apresentação de charango realizada pelo estudante de Música Alvaro Delgado. Em seguida, o reitor Gustavo Oliveira Vieira fez uma apresentação institucional, com destaque para os diferenciais da UNILA. “Temos uma função social diferenciada. E essa função não é apenas uma perspectiva mercantilista de vocês saírem com o título e serem bons trabalhadores para o mercado. Mas entendemos que nós cumprimos uma função de construção e transformação da sociedade”, ressaltou Vieira. “A internacionalização do ensino superior é uma pedra angular na qualidade das universidades, e a UNILA é a que comporta o percentual mais importante de diversidade de nacionalidades no sistema de universidades públicas brasileiras”, completou o reitor.

Na sequência, as professoras Luciana Ribeiro e Laura Fortes apresentaram o Ciclo Comum de Estudos, que é ofertado a todos os cursos de graduação da UNILA, tem duração de três semestres e conta com três eixos: Epistemologia e Metodologia; Fundamentos de América Latina; e Línguas (espanhol e português). Durante a apresentação, foi realizada uma atividade prática com os estudantes. Eles se dividiram em grupos – com representantes de nacionalidades diferentes – e debateram cinco perguntas sobre temáticas latino-americanas.

Para finalizar as atividades da tarde, uma mesa-redonda foi organizada para apresentar os serviços que a UNILA oferece para apoio ao bem-estar do estudante durante a vida acadêmica. Participaram da mesa-redonda a pró-reitora de Relações Institucionais e Internacionais, Karen Honório; a pró-reitora de Extensão, Maria Eta Vieira; a secretária de Implantação do Campus, Soraya Quinta; a chefe da Divisão de Iniciação Científica, Jéssica Soares; a assistente social da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, Ana Paula de Fernandes; a pedagoga do Departamento de Apoio Acadêmico ao Aluno, Jamily Vargas; e a chefe do Núcleo de Apoio à Acessibilidade e Inclusão, Tahiana Coelho.

A apresentação institucional e do Ciclo Comum e a mesa-redonda foram realizadas novamente no período noturno.

Calouros

 

Laura Delgado Nogueira veio de Minga Guazú (Paraguai) para estudar Engenharia Química na UNILA. Para ela, o evento de acolhimento tem sido importante para sua adaptação à Universidade. “É muito legal, pois conhecemos os veteranos, estudantes de outros países e os valores da Universidade. Estou muito feliz porque a UNILA está me dando uma oportunidade que no meu país eu não tive”, afirma Laura.

“Essa atividade de recepção na primeira semana é muito bacana porque, em vez de começar diretamente com as aulas, estamos tendo a oportunidade de conhecer melhor a estrutura da Universidade”, destaca Alexandre Silva, de Brasília/DF, que cursará Ciência Política e Sociologia. Na mesma linha, a caloura de Relações Internacionais e Integração Sofia Costa, moradora de Foz do Iguaçu, acredita que a Semana de Acolhimento faz muita diferença para os novos estudantes. “É muito bom porque os alunos começam a se familiarizar tanto com as pessoas quanto com a Universidade e com a cidade”.

Programação

As atividades da Semana de Acolhimento seguem até sábado (10), com visitas às dependências da UNILA, circuito histórico pela cidade, palestras sobre diversos temas, ações organizadas por estudantes veteranos, entre outras.

Na quinta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, a socióloga e militante Moema Viezzer profere a Aula Inaugural de 2018, que terá como tema a aprendizagem transformadora e a formação acadêmica.

Acesse aqui a programação completa. Outras fotos das atividades da Semana de Acolhimento estão disponíveis no Flickr da UNILA.

 Integrantes da mesa abordaram assuntos importantes para a trajetória acadêmica dos novos estudantes