Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mostra de Cursos movimenta Jardim Universitário nesta terça e quarta-feira
conteúdo

Vida Universitária

Mostra de Cursos movimenta Jardim Universitário nesta terça e quarta-feira

Com o objetivo de apresentar os 29 cursos de graduação da UNILA, expectativa é que o evento receba mais de 1.700 alunos de Foz e região
publicado: 22/10/2019 18h43, última modificação: 23/10/2019 10h14

Teve início na manhã desta terça-feira (22) a Mostra de Cursos da UNILA, evento que integra a Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE) e que tem o objetivo de promover os cursos da Universidade para a comunidade da região. O público-alvo são os estudantes de ensino médio. Na edição de 2019, são esperados 1.750 alunos de escolas de Foz do Iguaçu e municípios vizinhos, que poderão conhecer as disciplinas, os projetos e as áreas de atuação dos 29 cursos de graduação da UNILA.

Isabella Lorena retribui conhecimentos adquiridos na 1ª MostraA proposta é que o evento auxilie os alunos no momento de escolher qual carreira seguir. Isabella Lorena conhece bem a importância da Mostra de Cursos. Foi na primeira edição do evento, realizada no ano passado, que ela tomou a decisão de estudar Biotecnologia. Hoje, no segundo semestre do curso, ela apresenta a Biotecnologia para potenciais futuros universitários. “No ano passado, eu estive aqui com a minha turma de terceirão conhecendo a Mostra. E, nesse dia, eu aprendi mais sobre o que era a Biotecnologia e me encantei. Hoje, estou aqui para retribuir e mostrar para os atuais estudantes de ensino médio sobre essa carreira incrível que é a Biotecnologia”, contou Isabella Lorena, que é do município de Santa Terezinha de Itaipu.

Em cada um dos estandes, estudantes e docentes se esforçam para trazer uma amostra da variedade de atividades desenvolvidas em cada curso de graduação. Isabella e seus colegas de Biotecnologia, por exemplo, realizam extração de DNA nos participantes. “Colocamos [a amostra do DNA] em um tubinho, e os visitantes podem levar seu DNA como lembrança do evento”, completou a discente. O espaço da Química - Licenciatura foi marcado por experimentos científicos. Já o curso de Ciências Econômicas montou um “Museu da Moeda”, expondo algumas das moedas correntes na América Latina.

A proposta é que o evento auxilie os alunos no momento de escolher qual carreira seguir

Em alguns estandes, os visitantes têm a oportunidade de “colocar a mão na massa”. Os integrantes de Letras - Artes e Mediação Cultural organizaram, dentro da Mostra de Cursos, uma oficina de pintura com tintas naturais, aberta para toda a comunidade. E o curso de Cinema e Audiovisual leva os alunos das escolas para um estúdio, com figurinos e vários cenários, para que os participantes possam fazer alguns testes e até se arriscarem a produzir um curta-metragem.atividades foram pensadas com o objetivo de aproximar a comunidade dos cursos da UNILA

“Todas as atividades foram pensadas com o objetivo de aproximar a comunidade dos cursos da UNILA. Somos uma universidade pública e de qualidade, aberta para receber os alunos iguaçuenses e também dos demais municípios do Oeste do Paraná”, declarou a pró-reitora de Graduação, Carla Grade. Além dos cursos de graduação, a Mostra abriu espaço para o Ciclo Comum de Estudos – etapa formativa compartilhada por todas as carreiras –, os cursos de pós-graduação e a Editora Universitária.

A Mostra de Cursos segue até as 12h desta quarta-feira (23) e é realizada no ginásio do Jardim Universitário.

Atividades são realizadas no ginásio do Jardim Universitário

 

Abertura oficial

Paloma Basso participou representando o Parque das ;avePela parte da manhã, a abertura da Mostra de Cursos contou com a participação de autoridades da UNILA, da Secretaria Municipal de Educação, do Parque Tecnológico Itaipu e do Parque das Aves, entidade que está patrocinando o evento. A Mostra é realizada na mesma semana em que foi divulgado que dois cursos da UNILA – Cinema e Audiovisual e Administração Pública  obtiveram nota máxima em avaliação realizada pelo Ministério da Educação. “A maioria dos nossos cursos de graduação recebe notas máximas nessa avaliação. Essa é uma prova da qualidade acadêmica da UNILA e que também perpassa a pesquisa e a extensão, que também estão no contexto da SIEPE”, reiterou o reitor Gleisson Brito

Também participou da abertura a diretora técnica do Parque das Aves, Paloma Basso. Para ela, o apoio para a viabilização da SIEPE é o primeiro passo para futuras parcerias. “Para o Parque das Aves, é uma honra fazer parte deste evento pela primeira vez. Pretendemos continuar trabalhando com a UNILA, principalmente em parceria de atividades de ensino, pesquisa e extensão”, declarou.

 Autoridades que participaram da abertura da Siepe.

 

registrado em: , , ,