Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Convênio permite que estudantes de Medicina façam estágio no HMCC
conteúdo

Institucional

Convênio permite que estudantes de Medicina façam estágio no HMCC

Além dos estágios, os espaços físicos do hospital poderão ser utilizados para atividades conjuntas nas áreas de ensino, pesquisa e extensão
publicado: 24/01/2018 00h00, última modificação: 12/01/2019 00h19
Assinatura de convênio entre Unila e HMCC

Assinatura de convênio entre Unila e HMCC

Um acordo de cooperação técnica assinado nesta segunda-feira (22) entre o reitor Gustavo Oliveira Vieira e o diretor-superintendente da Fundação Itaiguapy, Rogério Soares, irá permitir que estudantes de Medicina da UNILA façam estágios no Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC). O convênio prevê a utilização dos espaços físicos do Hospital para a realização de estágios (obrigatórios e não obrigatórios) curriculares do curso de Medicina, além de outras atividades conjuntas nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

Assinatura de convênio entre Unila e HMCCDurante a assinatura do acordo, o reitor destacou que este “é o primeiro passo para uma relação de longo prazo com o Hospital. Essa parceria é fundamental para a formação e consolidação do curso de Medicina da UNILA”, destacou. Com a assinatura do convênio, as duas instituições irão definir os planos de trabalho e os cronogramas de atividades. A previsão é que as ações comecem já no primeiro semestre de 2018.

“Desde o ano passado, o HMCC tem a proposta de trabalhar ensino e pesquisa em suas instalações. Nesse sentido, é muito importante manter parcerias com as universidades públicas instaladas em Foz do Iguaçu”, relatou o diretor-superintendente da Fundação Itaiguapy, Rogério Soares. Também participaram da reunião o diretor administrativo-financeiro da Fundação, Fernando Cossa, e o diretor técnico Valter Teixeira. Representando a UNILA, também participaram o coordenador do curso de Medicina, Luis Fernando Boff Zarpelon; a vice-coordenadora do curso, Maria Leandra Terencio; e o chefe de Gabinete, Geraldino Alves Bartozek.