Você está aqui: Página Inicial > Graduação > Música > Arquivos > Professores > Luciano Simões Silva
conteúdo

Luciano Simões Silva

publicado 27/01/2020 19h34, última modificação 17/08/2020 21h42

foto Luciano

Luciano é doutor em música – canto pela Michigan State University (MSU) - EUA, e completou pesquisas de pós-doutorado sobre Fado (Universidade de Coimbra, 2020) e sobre canto belting (UNESP, 2016). Também é mestre em música - regência coral e mestre em artes – musicologia (MSU), além de bacharel em música - canto (UNESP) e bacharel em farmácia e bioquímica (USP). Tem pós-graduação em PROVOX – Ciências da Voz, da Fala e do Canto (Universidade de Coimbra, 2019) e em FIV – Formação Integrada em Voz (Centro de Estudos da Voz, 2013). Fez cursos complementares com Jeanie Lovetri (Somatic Voiceworks, 2020), Johan Sundberg (The Science of the Singing Voice, Suécia, 2017), Tafelmusik Choir (Toronto, 2007) e com o Bachakademie Stuttgart (Polônia, 1995). Teve como professores de canto Patricia Green, Richard Fracker, Lenice Prioli e Martha Herr, e regência coral Charles Smith, David Rayl e Abel Rocha.

Desde 2014 é professor de canto do quadro efetivo da UNILA, onde também foi coordenador e fundador do projeto coral TodoCanto (atualmente é coordenador-adjunto). Luciano leciona canto há mais de 25 anos, tendo sido professor de canto da UNICAMP, Alma College, MSU e Escola de Música de Diadema. Luciano canta há 35 anos, com repertório abrangente, porém com foco em canção de câmara brasileira e norte-americana, jazz e MPB, e é uma das maiores autoridades nas canções de Edmundo Villani-Côrtes. Atualmente, Luciano desenvolve pesquisa sobre a pedagogia vocal híbrida e crossover aplicada ao repertório ibero-americano. Apresentou comunicações em importantes congressos como o Pan-european Voice Conference (Dinamarca, 2019), International Congress of Voice Teachers (Suécia, 2017), College Music Society, American Choral Directors Association, Performa e ANPPOM, além de masterclasses, recitais e palestras em importantes universidades como a Universidade de Coimbra (2020), Universidade de Innsbruck (Áustria, 2019), Universidade Mozarteum (Áustria, 2019 e 2018), Universidade de Bremen (Alemanha, 2017), Georgia State University (EUA, 2009), Westminster Choir College (EUA, 2001), Universidade Cruzeiro do Sul, UNESP, UFSM, UFPel e Universidade Federal de Goiás. Foi professor convidado do Festival de Ópera de Curitiba (2017), do Festival de Música de Cascavel (2015), Festival de Inverno de Santa Maria (2011) e o Festival de Canto de Piracicaba e Águas de São Pedro (2009). É o tradutor para o português do principal livro do renomado pedagogo vocal norte-americano Richard Miller (A Estrutura do Canto, É Realizações, 2019).

Luciano começou seus estudos musicais nos cursos de música do CORALUSP, passando depois pela Universidade Livre de Música e Escola Municipal de Música de São Paulo. De 1988 a 1995 foi cantor e chefe de naipe do Grupo Beijo, tendo participado de mais de 200 shows pelo Brasil e Argentina, TV (Jô Soares, Metrópolis etc) e rádio. Foi também cantor regular (1994-2000) e convidado (2004, 2007, 2008, 2012, 2013) do Coro da OSESP. No grupo Vox Brasiliensis, dirigido por Ricardo Kanji, participou de dois CDs e seis programas sobre a história da música brasileira produzido pela TV Cultura. No grupo IHU, dirigido por Marluí Miranda, participou de CD premiado pela Academia Gramofônica Alemã (melhor CD de World Music 1995) e da Expo 98 em Lisboa. Em Toronto, foi cantor do Elmer Iseler Singers, além de ter dirigido o Scarborough Choir e o Rainbow Voices. Em Michigan dirigiu o UBC Choir e o MSU Jazz Choir. Em Diadema, SP, foi coordenador da área de música da prefeitura, regente coral e co-fundador da Escola Municipal de Música.

Currículo Lattes de Luciano Simões Silva