conteúdo

Sobre o curso

publicado 08/12/2017 13h06, última modificação 16/01/2019 14h39
O curso Ciências Econômicas - Economia, Integração e Desenvolvimento busca formar profissionais a partir de conteúdos comuns ao curso e com visão histórica do pensamento econômico brasileiro e mundial

Perfil do curso

“Os cursos de graduação em Ciências Econômicas devem possibilitar a formação profissional que revele, pelo menos, as seguintes competências e habilidades:
I - desenvolver raciocínios logicamente consistentes;
II - ler e compreender textos econômicos;
III - elaborar pareceres, relatórios, trabalhos e textos na área econômica;
IV - utilizar adequadamente conceitos teóricos fundamentais da ciência econômica;
V - utilizar o instrumental econômico para analisar situações históricas concretas;
VI - utilizar formulações matemáticas e estatísticas na análise dos fenômenos socioeconômicos; e
VII - diferenciar correntes teóricas a partir de distintas políticas econômicas.”

Além disso, nas grades curriculares da UNILA, consta o Ciclo Comum de Estudos. Nesse módulo há aulas sobre América Latina, Metodologia e Línguas – Português para hispanofalantes e Espanhol para brasileiros. Dura três semestres e é ofertado em paralelo às disciplinas específicas de cada curso.

 

Perfil do egresso

O egresso do curso de Ciências Econômicas – Economia, Desenvolvimento e Integração possuirá “sólida formação geral e com domínio técnico dos estudos relacionados com a formação teórico-quantitativa e teórico-prática, peculiares ao curso, além da visão histórica do pensamento econômico aplicada à realidade brasileira e ao contexto mundial”.

 

Mercado de trabalho

Para o mercado de trabalho, o estudante graduado em  Ciências Econômicas – Economia, Desenvolvimento e Integração poderá exercer as seguintes atividades:
. Elaborar e executar programas de cooperação internacional.
. Elaborar e executar projetos internacionais de infra-estrutura e políticas públicas.
. Definir e viabilizar estratégias comerciais e no âmbito da produção com vistas à integração econômica.
. Elaborar estudos e pesquisas sobre a integração e o desenvolvimento latino-americano.
. Intermediar conflitos de âmbito comercial, financeiro, político e cultural, associados à integração e ao desenvolvimento da região.
. Realizar trabalhos e projetos voltados a negócios internacionais com identificação de oportunidades.
. Realizar estudos e assessoramentos de projetos sobre relações de trabalho e negociações coletivas, envolvendo os países da região.
. Assessorar entidades e organizações governamentais e não governamentais voltadas ao desenvolvimento sustentável e à integração latino-americana.