Você está aqui: Página Inicial > Secretaria de Apoio Científico e Tecnológico - SACT > Laboratórios de Pesquisa > Laboratório de Ecologia da Paisagem - LEP
conteúdo

Laboratório de Ecologia da Paisagem - LEP

publicado 20/10/2020 08h22, última modificação 26/10/2020 15h28

Sobre o laboratório

O Laboratório de Ecologia da Paisagem foi estruturado para apoio às atividades de pesquisa envolvendo uso de geoprocessamento aplicado a questões ambientais e de conservação da biodiversidade, que inclui o tratamento digital de imagens de sensoriamento remoto aéreo e orbital, processamento de dados topográficos, aplicação de técnicas geoestatísticas, gerenciamento de banco de dados espaciais, ferramentas de análise multicriterial para tomada de decisões, processamento de dados radiométricos, modelagem de dados ecológicos e modelagem de dados de recursos hídricos. 

Pela sua área de atuação, atendia prioritariamente, alunos e professores do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Neotropical e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil. Além disso, eram atendidos discentes dos cursos de graduação em Ciências Biológicas, Bacharelado em Geografia e Licenciatura em Geografia. Neste laboratório foi desenvolvido o projeto “Estudo da dinâmica espacial-temporal dos usos das terras da paisagem de Foz do Iguaçu/PR e suas relações com a estrutura da vegetação e estoque de carbono no solo em fragmentos de Floresta Estacional Semidecidual” financiado pelo CNPq (processo n º 446387/2014-2) e projetos de pesquisa de Iniciação Científica e de Extensão da UNILA. Posteriormente, veio a ser utilizado também como apoio ao projeto “Sistemática, Biogeografia e Evolução de Xylocopa (Neoxylocopa) Michener, 1954 (Hymenoptera, Apidae)”, incluindo espaço para observação de material entomológico em lupa, além de trabalho com banco de dados, elaboração de mapas e análise de dados. Adicionalmente tem sido utilizados computadores para análises de dados moleculares.

Mais recentemente, com a parceria entre UNILA, PTI e Itaipu, subprojeto “Efeito de micropoluentes na biodiversidade de algas e peixes de riachos das microbacias do entorno do Reservatório de Itaipu — região transfronteiriça (BRPY)” dentro do projeto “Estudo da dinâmica de micropoluentes em diferentes matrizes ambientais na região transfronteiriça (Brasil-Paraguai)” foram instalados no LEP dois microscópios com sistema de captação de imagens que tem sido utilizados para documentar a diversidade de algas.  

 

Natureza das atividades desenvolvidas no laboratório

Atividades de P&D

 

Principais técnicas do laboratório

  • Processamento e análise de dados, especialmente moleculares, ecológicos e espaciais;
  • Documentação com estereomicroscópio e microscópio com captação de imagens.  

 

Áreas de atuação

Há apoio a pesquisas diversas que envolvem análise de dados espaciais e mais rotineiramente a pesquisas de apoio à entomologia e algas e análise de dados moleculares.

 

Principais equipamentos

  • 6 microcomputadores desktop (workstation), sendo dois prioritariamente para análises moleculares, 1 para apoio à atividades de pesquisa da Coleção Entomológica, 1 conectado a um microscópio para captura de imagens, 1 conectado a um esterereomicroscópio para captura de imagens. Os dois restantes são destinados para pesquisadores que solicitem para trabalhos com análise de dados espaciais;
  • Nesses computadores estão instalados sistema de processamento de imagens de sensoriamento remoto denominado Envi, sistemas de informações geográficas ILWIS, Idrisi, QGIS e ArcGIS (com os módulos Spatial Analyst, 3D Analyst e Geostatistical Analyst) e AutoCAD 3D; além de outros softwares estatísticos e de processamento de imagens. 

 

Responsável pelo espaço

Dr. Fernando Cesar Vieira Zanella

 

Localização

Edifício das Águas, Laboratórios Multiusuários Engenheira Enedina Alves Marques, Parque Tecnológico Itaipu.