Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pré-evento do Congresso Mundial de Antropologia será realizado em 12 e 13 de julho
conteúdo

Ensino

Pré-evento do Congresso Mundial de Antropologia será realizado em 12 e 13 de julho

Promovida pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Estudos Latino-Americanos, atividade debaterá os temas interseccionalidade e fronteiras
publicado: 04/07/2018 14h20, última modificação: 12/01/2019 00h19

Nos dias 12 e 13 de julho, será realizado, na UNILA - Jardim Universitário, o pré-evento do Congresso Mundial de Antropologia, intitulado Interseccionalidade e Fronteiras - iniciativa organizada pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Estudos Latino-Americanos (PPGIELA). Os interessados em participar como ouvintes podem realizar inscrição gratuitamente no local, com direito a certificado. O Congresso Mundial de Antropologia, que está na sua 18º edição, será realizado entre 16 e 20 de julho, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

A escolha dos temas interseccionalidade e fronteiras nasce com o intuito de discutir essas áreas, que tem sido alvo de interesse de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Estudos Latino-Americanos. "São temáticas importantes, e o pré-evento tem a proposta de alimentar a discussão das pesquisas que já estão sendo realizadas no IELA e, também, para repensarmos questões internas do mestrado", diz Angela Souza, professora do curso de Antropologia da UNILA e coordenadora do PPGIELA. Nesse sentido, o pré-evento será um espaço de debate sobre a possibilidade de criação de uma terceira linha de pesquisa no Programa, que aborde esses temas. Atualmente, o PPGIELA possui duas linhas de pesquisa: Trânsitos culturais; e Práticas e saberes.

Apresentação de trabalhos

O pré-evento conta com oito painéis, coordenados por docentes da UNILA e que abrangem temas diversos, como direitos humanos, povos transfronteiriços, literatura e música. A mesa de abertura, “Cidades, interseccionalidade e resistências”, será às 10h30, com a presença das docentes Ana Paula Alves Ribeiro (UERJ) e Juana Valentina Nieto (UFSC), com mediação da professora da UNILA Laura Amato. No dia 13 de julho, às 17h, ocorre o debate sobre “Questões de gênero e raça: direitos e representações", na mesa de encerramento, que será composta pelos professores Luis Felipe Kojima Hirano (UFG) e Ana Josefina Ferrari (UFPR), com mediação da docente da UNILA Angela Souza.

Confira a programação:

12 de julho
9h - Credenciamento
10h - Apresentação musical - María Betania (Venezuela)
10h30 - Mesa de abertura: Cidades, interseccionalidade e resistências
14h - *Painéis: apresentação de trabalhos

13 de julho
14h - *Painéis: apresentação de trabalhos
17h - Mesa de encerramento: Questões de gênero e raça: direitos e representações
19h - Apresentação Maracatu - Kaburé

*Para saber mais sobre os painéis e obter outras informações sobre o pré-evento Interseccionalidade e Fronteiras, acesse a página do IELA.