Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IMEA promove o Seminário Internacional Sentipensar os Estudos Transdisciplinares e Encontros de Saberes
conteúdo

Institucional

IMEA promove o Seminário Internacional Sentipensar os Estudos Transdisciplinares e Encontros de Saberes

De caráter internacional, evento acontece no Jardim Universitário e reúne mestres dos saberes tradicionais de vários países
publicado: 06/10/2023 16h28, última modificação: 06/10/2023 16h41

Vai ter sabedoria de povos tradicionais na universidade pública, sim. E será diverso, reunindo representantes de várias partes da América Latino e Caribe, inclusive com a participação de universidades indígenas da Nicarágua, Colômbia, Equador e Bolívia, por exemplo, instituições que integram a Rede de Universidades Interculturais, Indígenas e Comunitárias de Abya Yala (RUIICAY). É assim que o Instituto Mercosul de Estudos Avançados (IMEA) da UNILA apresenta seu primeiro seminário internacional com o tema “Sentimentar os Estudos Transdisciplinares e Encontros de Saberes”, que acontece entre os dias 9 e 11 de outubro, no auditório do campus Jardim Universitário.

Para conhecer a programação completa, acesse a Página do Seminário.

De acordo com o coordenador do IMEA, Gerson Ledezma, um dos objetivos do evento é conscientizar a comunidade universitária da UNILA da importância de ter estudantes de comunidades dessa natureza e ter referênciais de epistemes negras e indígenas, quilombolas, ribeirinhas, de povos tradicionais da América Latina, do Caribe e do Brasil. Gerson explica que o Movimento Encontro de Saberes é um projeto em nível nacional que já contempla a participação de 30 universidades. “A ideia do projeto é que mestras e mestres dos saberes tradicionais possam estar dentro das universidades públicas em igualdade de condições de demais professores dessas universidades”, contextualiza.

Para pessoas que têm no mínimo 20 anos de experiência em saberes tradicionais e que sejam reconhecidas por suas comunidades, as universidades já estão emitindo títulos de notório saber, o que equivale a um título de doutorado. Assim, eles podem ser convidados como professores permanentes, substitutos ou visitantes. Então o evento tem esse objetivo de conscientização o público participante sobre isso, como também avaliar como o IMEA atuará a partir daí, com os estudos de natureza transdisciplinar, mas também inter-epistêmicos.

A programação também conta com a participação de diretores de outros três Institutos de Estudos Avançados do Brasil: das Universidades de Brasília (UNB), de Minas Gerais (UFMG) e do Rio Grande do Sul (UFRGS), além do diretor de Projetos da Fundação Araucária e do coordenador nacional de Encontro de Saberes.

Além do conteúdo acadêmico, o evento conta com diversa programação cultural como apresentação musical do compositor indígena Akunirã Pataxó, dos grupos Kaburé Maracatu e Baque Mulher, do Artístico da Municipalidad de Ciudad del Este, do corpo de dança Folklore, Tradición y Cultura, e apresentação de dança do Elenco Latino-Americano da UNILA.

registrado em: