Você está aqui: Página Inicial > Notícias > UNILA terá extensa programação na Feira Internacional do Livro
conteúdo

Institucional

UNILA terá extensa programação na Feira Internacional do Livro

Universidade participará do evento com atividades culturais, rodas de conversa, lançamento de livro e projetos de extensão
publicado: 14/09/2018 11h06, última modificação: 12/01/2019 00h19

Começa, neste domingo (16), em Foz do Iguaçu, a 14ª Feira Internacional do Livro, e a UNILA estará presente com atividades organizadas pelo Instituto Mercosul de Estudos Avançados (IMEA), Editora Universitária da UNILA (EdUNILA) e Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), como apresentações culturais, exposições, palestras, rodas de conversa, lançamento de livro e projetos de extensão. O evento integra o 1º Festival Literário de Foz do Iguaçu, a 37ª Semana Literária do Sesc e a Primavera Universitária da Unioeste. A homenageada desta edição é a escritora Carolina de Jesus.

Confira, abaixo, as principais atividades*:

16 de setembro | domingo

No dia da abertura do evento, a UNILA estará presente com o projeto de extensão "Eternizar-te". Às 18h, haverá uma atração musical, com as estudantes Alicia Vanessa Reyes Londoño (Colômbia) e María Betania Hernández Jiménez (Venezuela), que cantarão acompanhadas de um cuatro, instrumento típico da América Latina. Já às 19h, o projeto de extensão “Laboratório de Tradução da UNILA”, que vem se dedicando há mais de um ano à tradução da obra da escritora, poetisa e cantora homenageada Carolina Maria de Jesus, promoverá a ação performática autobiográfica “Casa de Páginas”, que será realizada pela estudante Thaina de Santana Alencar, do curso de Letras - Artes e Mediação Cultural. Também será realizada a mesa “Reflexões em torno à tradução de Quarto de Despejo”.

18 de setembro | terça-feira

Na terça-feira, a programação da UNILA concentra-se no espaço denominado "Ilha Literária Universitária" - espaço compartilhado entre EdUNILA, EdUnioeste e Editora IFPR. Às 8h30, haverá a palestra “Mudanças climáticas globais. Você é mesmo responsável por isso?”, com Ana Clarissa Stefanello. Às 16h, haverá uma oficina de poesia visual, intitulada “Poesia para todos”, a ser ministrada por Lisbeth Juliana Monroy Ortiz.

Também está prevista, por parte da EdUNILA, uma palestra e slideshow com a artista plástica e estudante de mestrado da UNILA Daniela Serna, na Ilha Literária Universitária, às 17h30. Já no espaço do Cinesesc, às 19h, o Núcleo de Cultura e Integração (IMEA) fará a apresentação do documentário "Ñanduti Inmigrantes". Às 19h30, na Ilha Literária, será realizada, também pelo IMEA, uma roda de conversa sobre o Observatório de Democracias.

19 de setembro | quarta-feira

Na quarta-feira, estará presente novamente o projeto "Eternizar-te", das 15h às 17h, e, na sequência, o projeto "Pequenas ações salvam vidas", das 17h às 19h. No Espaço Literário 2, a partir das 19h, ocorrerá a mesa "Mulheres negras na educação superior", com a presença da professora Lucimar Dias (UFPR), da servidora técnico-administrativa Fernanda Rocha e da estudante Nicole Machado, da UNILA. Paralelamente, na Arena Literária, será lançado o livro “Poesia e diálogos numa ilha chamada Brasil”. Escrita por Marcelo Ferraz, a obra será tema de palestra do professor Antonio Guizzo, da UNILA, a partir das 19h. Às 19h30, na Ilha Literária Universitária, haverá um debate sobre o “Território continental Guarani e territorialidade transfronteiriça”, promovido pelo Observatório da Temática Indígena na América Latina, do IMEA.

20 de setembro | quinta-feira

Na quinta-feira, Yuri Amaral, autor de “Fanzines - reflexões sobre cultura, memória e internet”, publicação lançada pela EdUNILA, fará um bate-papo sobre o seu livro, no estande da UNILA, a partir das 18h. Na sequência, haverá uma reunião aberta do Núcleo de Integração e Cultura (NICULT), às 19h30. Paralelamente, ocorrerá uma série de apresentações culturais. No Palco Arena, o Grupo de Danças Latinas da UNILA "Laban: arte e performance" fará uma apresentação às 19h, e o Coletivo Teatral Cote’coi se apresentará às 19h30. Em seguida, será a vez do Coral TodoCanto, às 20h15. No mesmo dia, serão repetidas as atividades do projeto de extensão “Laboratório de Tradução da UNILA” e “Reflexões em torno à tradução de Quarto de Despejo”.

21 de setembro | sexta-feira

A sexta-feira será marcada pelo lançamento do quarto livro publicado pela EdUNILA em 2018: “A trajetória de um libertário: Pietro Gori na América do Sul”. O autor, Hugo Quinta, estará na Arena Literária para contar sobre sua pesquisa, desenvolvida no Mestrado Interdisciplinar em Estudos Latino-Americanos da UNILA, que originou o livro. A atividade terá início às 19h.

Já na Ilha Literária Universitária, às 19h30, haverá uma roda de conversa promovida pelo IMEA sobre “Pensar uma pedagogia da/para a fronteira - GT de Fronteira: linguagem e alteridade”.

22 de setembro | sábado

No sábado, haverá uma nova intervenção do grupo "Eternizar-te", no período da tarde, das 14h às 17h. Em seguida, no estande, será realizada uma mesa-redonda sobre o livro “Interculturalidades: visões multilaterais desde a UNILA”, organizado pela docente Francisca Paula Soares Maia, com Samuel Oliveros Calderón e Simone Beatriz Cordeiro Ribeiro. Está programado, ainda, um encontro do Observatório de Gênero e Diversidade, a partir das 19h30.

  • A programação completa da Feira Internacional do Livro está disponível neste link.
  • Veja fotos da participação da UNILA na Feira do Livro de 2017, no Flickr.


*Programação sujeita a alterações ao longo da semana.