Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Banda formada por estudantes haitianos apresenta-se na Fartal
conteúdo

Identidade UNILA

Banda formada por estudantes haitianos apresenta-se na Fartal

A banda leva ao Palco Nacional, a partir das 19h, um repertório que abrange gêneros musicais populares do Haiti, mesclados a sonoridades brasileiras e latinas
publicado: 06/06/2018 11h13, última modificação: 12/01/2019 00h18

O grupo multi-instrumental “Integração Compas”, formado por dez estudantes haitianos da UNILA, apresenta a cultura de seu país por meio da música e da dança nesta sexta-feira (8), na Fartal - evento que será realizado entre os dias 7 e 10 de junho, no CTG Charrua, em Foz do Iguaçu. A banda, composta ainda por dois discentes brasileiros, leva ao Palco Nacional, a partir das 19h, um repertório que abrange gêneros musicais populares do Haiti, como twoubadou e kompa, mesclados a sonoridades brasileiras e latinas.

“Grande parte das músicas será de ritmos do Haiti, cantadas em crioulo, francês e inglês. Quem ouvir o nosso som, mesmo que não entenda esses idiomas, irá receber o impacto do ritmo - bom para ouvir e dançar. Portanto, a língua não será problema”, aponta um dos integrantes da banda, Julien Roldy, estudante do curso de Engenharia Química da UNILA. Ele foi um dos precursores do grupo, que teve início em 2015 com apenas dois integrantes. Inicialmente, a ideia era realizar uma apresentação para recepcionar os estudantes haitianos que chegaram à UNILA via Programa Pró-Haiti. Na ocasião, eles escolheram cantar a música Haiti Chérie, canção tradicional haitiana que traz diversas referências ao país e é considerada um hino patriótico. “É uma música que traz muitas lembranças do Haiti e é muito significativa para os haitianos que não vivem mais no país, que deixaram tudo para conseguir outra vida fora”, explica Julien.

Desde então, a banda cresceu e ganhou nova sonoridade. E, com o intuito de compartilhar referências e a cultura haitiana, os estudantes têm recebido convites e promovido apresentações, sobretudo no âmbito da Universidade - a exemplo do Dia da Bandeira do Haiti e, mais recentemente, o 1° Festival Cultural da Integração, evento que recepcionou os calouros da UNILA este ano. A apresentação na Fartal será o resultado desta trajetória de amadurecimento do grupo, que, segundo integrantes, busca mostrar a riqueza cultural do Caribe, principalmente do Haiti, e tem a alegria de cantar na sua língua nativa. "Também temos como objetivo despertar a curiosidade das pessoas e promover a diversidade das línguas, a cultura e a integração", diz o estudante haitiano Obed Ducles, integrante da banda e discente do curso de Engenharia Química da UNILA.