conteúdo

Spam: como tratar mensagens indesejadas

publicado 06/07/2020 09h58, última modificação 27/10/2020 08h49

SPAM são mensagens eletrônicas (e-mails) indesejadas, comumente enviadas a vários destinatários, de forma massiva, muitas vezes sem existir o consentimento do usuário para recebê-las. Normalmente são relacionadas ao envio de propagandas de produtos e serviços, mas também visam espalhar softwares maliciosos e aplicar golpes. Neste último caso, são frequentemente conhecidas como mensagens de phishing.

Os filtros dos sistemas de e-mails utilizam várias formas de identificar se uma mensagem é válida ou não. Mas quando os filtros não conseguem classificar a mensagem e ela é entregue na caixa de entrada do usuário, ainda é possível marcá-la manualmente utilizando o botão "Spam" (ou "denunciar Spam" em alguns casos). Ao fazer isto, o usuário informa ao sistema de e-mail:

- "eu não quero receber mais este tipo de mensagem..."

- "eu não quero mais receber emails deste remetente..."

Mas atenção, marcar mensagens legítimas como SPAM pode fazer com que elas, logo que recebidas, sejam enviadas diretamente para a caixa de SPAM! Quantas vezes já ouvimos: "verificou se mensagem não caiu no SPAM?"

Lembre-se que as mensagens marcadas como SPAM continuam a ocupar espaço de armazenamento até serem completamente removidas de maneira manual.

Outra opção é excluir a mensagem. Excluir uma mensagem é diferente de marcá-la como spam: na exclusão a mensagem é somente apagada, não havendo nenhum tratamento se o usuário deseja recebê-la novamente.

 Portanto, cuidado com o tratamento dado às mensagens recebidas, a fim de evitar que mensagens válidas sejam descartadas ou apagadas e verifique constantemente sua caixa de spam.