Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química será realizada em Foz do Iguaçu
conteúdo

Tecnologia e Inovação

Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química será realizada em Foz do Iguaçu

Evento propõe atividades lúdicas para estimular interesse de estudantes do ensino médio
publicado: 15/05/2018 10h05, última modificação: 12/01/2019 00h18

Químicos de todo o Brasil vão se encontrar em Foz do Iguaçu, de 21 a 24 de maio, para a 41ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química (41ª RASBQ). O tema do evento, "Construindo o Amanhã", propõe uma reflexão sobre a criação de novas condições para que o ambiente de ciência e tecnologia do Brasil volte a crescer e se firme como um eixo fundamental do desenvolvimento econômico do país. O evento será realizado no Rafain Palace Hotel e Convention Center.

A programação inclui a visita de cerca de 550 estudantes do ensino médio de 10 colégios de Foz do Iguaçu e região, incluindo alunos indígenas da escola Teko Ñemoingo, localizada no Tekoha Ocoy, de São Miguel do Iguaçu. Os outros colégios são: Pioneiros, Almiro Sartori, D. Pedro II, Bartolomeu Mitre, Presidente Kennedy, Almiro Sartori, Mariano Camilo Paganoto, Flávio Warken e Presidente Costa e Silva. A participação dos estudantes é resultado do trabalho dos professores de Química José Ricardo Salgado, da UNILA, e Renata Mello Giona, da UTFPR.

Os estudantes vão participar das atividades da SBQ na Escola, um conjunto de apresentações de experimentos visuais e bem-humorados, concebido para aproximar crianças e jovens da experimentação científica. Neste ano, os estudantes poderão “colocar a mão na massa”. Serão dez mesas com diferentes atividades. Numa delas, os estudantes vão construir moléculas, como as de cafeína e de adrenalina, com canudinhos e peças produzidas usando máquinas de corte a laser. Os estudantes também poderão assistir ao show de experimentos, conduzido pelo Alfredo Luís Mateus (UFMG). O show reúne experimentos visuais, com transformação de cores e muito bom humor.

“Esta é a primeira vez que os alunos vão fazer as experiências. Isso estimula a sua capacidade, a sua compreensão de como funciona a Química. O aspecto visual, às vezes, não traz muita motivação, mas o aluno fazer o experimento vai despertar seu interesse pela ciência. O conhecimento adquirido vai ser mais intenso, vai ‘concretizar’ o conhecimento”, diz José Ricardo.

O trabalho com jovens do ensino médio não é novidade para o professor. Ele desenvolve um projeto de extensão com várias escolas de Foz do Iguaçu, no qual os estudantes podem realizar experiências de Química, especificamente na área de eletroquímica, analisando componentes de baterias de celular. “Hoje, praticamente todos os estudantes têm celular, e a ideia é mostrar como ocorre a reação química em baterias, como, por exemplo, uma reação de oxidação e redução, materiais e reagentes, esquemas e as equações químicas envolvidas.” O trabalho realizado pelo projeto e os resultados alcançados serão apresentados durante o evento.

Para José Ricardo Salgado, o interesse pela área poderia ser maior se houvesse mais atividades práticas em laboratórios durante os anos do ensino fundamental e médio. “Muitos estudantes não gostam de Química e têm dificuldade em aprender Química. Talvez a dificuldade maior seja a falta de laboratórios nas escolas. Essa é uma grande deficiência do País”, analisa, lembrando que a Química está presente em várias áreas de conhecimento, principalmente nas Engenharias, Biologia, Medicina e Biotecnologia.

O evento

A conferência de abertura da 41ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química tem início às 19h30, no dia 21 de maio, e será realizada pelo professor do Centro de Energia Nuclear na Agricultura, da Universidade de São Paulo (Cena-USP), Francisco José Krug, uma referência nacional e internacional em química analítica.

A programação é extensa e inclui workshops, minicursos, lançamento de livros e conferências com nomes de destaque na área da Química, como Fabrizio Adani, da Universidade de Milão (Itália); Frank Glorius, da Universidade de Munster (Alemanha); Hamilton Brandão Varela de Albuquerque, Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo (IQSC-USP); Joaquim de Araújo Nóbrega, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); e Richard G. Weiss, Georgetown University (Estados Unidos). Confira a programação completa.

Serviço:

41ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química
Data: de 21 a 24 de maio
Local: Rafain Palace Hotel e Convention Center
Mais informações: www.sbq.org.br/41ra/