Você está aqui: Página Inicial > Mestrado > Mestrado em Literatura Comparada > Projetos de Pesquisa
conteúdo

Projetos de Pesquisa

publicado 08/10/2018 17h26, última modificação 12/01/2019 00h10
Pesquisas desenvolvidas por docentes do mestrado em Literatura Comparada

 

Linha de Pesquisa

 

Docente

Projeto de Pesquisa

 

Narrativas, Diásporas, Memória
e História

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Narrativas, Diásporas, Memória
e História

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Narrativas, Diásporas, Memória
e História

Andrea Ciacchi
Pensamento antropológico na América Latina: trajetórias e instituições

Como desdobramentos do meu projeto de pós-doutorado (Depto. de Antropologia da UNICAMP, 2005-2007), pretendo nesta pesquisa levantar fontes e recursos bibliográficos iniciais que sirvam de base ao desenvolvimento de um mapa das instituições (museus, faculdades, Institutos históricos e geográficos, círculos intelectuais etc.) e das personagens que, a partir dos processos de independência de alguns países da América Latina (primeira metade do século XIX), perfazem a preparação, o surgimento e a consolidação do campo de estudos da Antropologia social e cultural na Região. Na primeira fase, os países abordados são a Argentina, a Colômbia e o Chile e o período considerado, 1810-1915.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Campos intelectuais e instituições: museus, universidades, revistas, academias na AL (séc. XIX e XX)
2. Trajetória (de) Intelectuais
3. Literatura oral e popular e outras manifestações da cultura popular
4. Memórias e narrativas (auto)biográficas
5. Romances e romancistas no Brasil (séc. XIX e XX)

Débora Cota
Imaginários de barro: para uma discussão sobre identidade, comunidade e latino-americanismo hoje

O projeto de pesquisa tem como objeto de estudo produções culturais (literatura, artes visuais) latino-americanas contemporâneas a partir dos quais pretende-se discutir questões relacionadas à identidade nacional, identidade cultural e comunidade considerando os atuais debates sobre o latino-americanismo. Está centrado a) na leitura crítica de obras literárias e artes visuais, b)e na discussão teórica acerca do latino-americanismo na cultura hoje, através das considerações da crítica literária, cultural e acadêmica, além do diálogo com epistemologias das áreas filosófica e antropológica. c) Também busca constituir pesquisa sobre as perspectivas teóricas acerca da categoria “comunidade”. d) Estipula como delimitador das produções a serem analisadas aquelas criadas a partir do barro ou que através deste elemento produtivo constitui seus imaginários.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Pensamento latino-americanista: historiografia, teoria e crítica (literária e cultural)
2. Literatura e artes visuais: imaginários; identidade cultural; comunidade
3. Literatura comparada na América Latina
4. O dispositivo América Latina: instituições; prática intelectual; periodismo; redes de pesquisa

Dinaldo Sepúlveda Almendra Filho
Imaginários urbanos latino-americanos: cinemas e cidades nas margens da modernidade tardia

O objetivo do projeto é mapear e selecionar para análise filmes cujas histórias sejam narradas nas principais cidades latino-americanas. A proposta é investigar os imaginários urbanos latino-americanos contemporâneos a partir das relações entre o cinema e as cidades no contexto das margens e das periferias da modernidade tardia. O processo de pesquisa abordará as cidades recuperando a discussão política das “questões urbanas” em uma perspectiva estética, observando os efeitos da “megalopolização” de algumas grandes cidades latino-americanas nas narrativas fílmicas e, também, nas teorias de cinema e das ciências sociais. As relações de simbiose entre a urbe e a cultura imagética tecem e tencionam as redes das cidades criando arenas de práticas, vozes, relatos e memórias, e isso requer problematizar os sentidos de se estar nas cidades com seus dilemas e prazeres, nos fluxos de trocas subjetivas e simbólicas que redefinem conflitos e fronteiras socioculturais, identitárias e imaginárias a partir das quais o cinema e as suas linguagens dialogam transversalmente com outras narrativas das cidades e sobre as cidades (midiáticas, arquitetônicas, literárias, sociais, políticas, históricas etc.).

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Estética e política no cinema, no audiovisual, na literatura e em outros suportes
2. Imaginários políticos globais: narrativas das margens, violências, sofrimentos
3. Imaginários urbanos latino-americanos: narrativas, margens, poéticas e encenações
4. Cultura das mídias: memória e narrativa

Felipe dos Santos Matias
 
Diálogos entre Literatura e História nas Poéticas Latino-Americanas
 
O presente projeto propõe estudar as interlocuções entre Literatura e História em produções poéticas do século XX e XXI de diferentes autores latino-americanos. A pesquisa será realizada por meio da discussão teórica e análise crítica de obras literárias, em diálogo com textos historiográficos, procurando-se detectar, na relação interdisciplinar, as confluências e divergências a respeito dos métodos de representação e processos de refiguração e construção de sentido utilizados em distintas produções poéticas latino-americanas. Como fundamentação teórico-crítica, utilizar-se-ão as contribuições de Hayden White, Luiz Costa Lima, Linda Hutcheon, Walter Mignolo, Georges Duby, Jacques Le Goff, Walter Benjamin, Paul Ricoeur, entre outros.
 
Áreas e temas de interesse para orientação
1. Literatura e História
2. Memória e narrativa 
3. Poéticas latino-americanas comparadas
4. Estudos comparados na América Latina
Leonardo dos Passos Miranda Name
Decolonizar imagens, cartografias e narrativas da América Latina

Tem-se por objetivo a análise crítica e decolonial das representações do Outro Latino-Americano e seus espaços nos objetos tecnicamente reprodutíveis da cultura de massa, tais como obras audiovisuais e literárias, mapas e imagens em geral. Busca-se revelar tanto as narrativas hegemônicas com base nas colonialidades do poder e do ver, suas estratégias de dominação e seus regimes de verdade, quanto as narrativas subalternas, marginais e de resistência.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Pensamento descolonial.
2. Cartografias alternativas da América Latina: cinema, televisão, literatura, videogame, narrativas de viagem etc.
3. A invenção do Outro e seus espaços: Orientalismo, Trópicos, América Latina.
4. Geografias culturais, geografias  de gênero e sexualidades, geografias de grupos marginalizados ou subalternos.
5. Culturas urbanas e culturas midiáticas.

Mirian Santos Ribeiro de Oliveira
Memórias, narrativas de migração e identidades étnicas na tríplice fronteira

Projeto tem por objetivo analisar os processos históricos de migração asiática à região da Tríplice Fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, a fim de compreender as dinâmicas de construção da diversidade cultural no espaço sociopolítico em questão. É concebido como a primeira etapa de um plano de pesquisa interdisciplinar, de médio prazo, que pretende investigar processos de construção de memórias, narrativas de migração e identidades étnicas na Tríplice Fronteira. Em linhas gerais, tal plano de pesquisa envolve três modos interligados de representação da vivência da migração: memórias, narrativas e identidades étnicas.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Narrativas literárias e migração
2. Estudos culturais e teorias pós-coloniais aplicados à literatura
3. (Des)construção de orientalismos a partir da América Latina
4. Literatura e religião

Regina Coeli Machado e Silva
Profanare: estética do mal e do horror em Rubem Fonseca

Problematizando a relação literatura e sociedade e considerando que as narrativas brasileiras contemporâneas têm tomado como tema recorrente as vacilantes fronteiras que demarcam a identidade humana, a pesquisa,  comparativista, é um desdobramento do projeto “Entre a Sacralidade e a precariedade da vida: o mal e a natureza humana nas narrativas literárias contemporâneas”. Busca-se estudar, na narrativa de Rubem Fonseca, as formas de atualização do mal, por meio das experiências limítrofes, com suas tensões envolvendo o significado da natureza humana, com enredos envolvendo crimes, doenças, limitações físicas e mentais, e atos violentos nas relações interpessoais e intrafamiliares. Espera-se, assim, oferecer contribuições específicas para uma antropologia da arte e correlativamente da literatura, explorar essa opção teórica e metodológica como um dos meios para a compreensão de questões da cultura brasileira recente.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Antropologia da arte e da literatura
2. Narrativa literária e imigração
3. Narrativa literária, bioética e biopoder
4. Narrativa literária brasileira recente

Temas, Imagens, Transculturalidade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Temas, Imagens, Transculturalidade

Antonio Rediver Guizzo
O entrelugar das poéticas Latino-Americanas: (des)(re) construções do imaginário

O projeto visa investigar o imaginário, a subjetividade, a corporeidade e as relações de poder representadas nas manifestações literárias latino-americanas dos séculos XX e XXI, observando as confluências de sentido, os diálogos interculturais e interseções espaço-temporais destas poéticas constituídas em uma zona limítrofe, situada entre a saturação de ordem social, econômica e simbolicamente ocidentalizada e a e insurgência de uma proxemia latino-americana. A pesquisa fundamenta-se, entre outras áreas, nas teorias do imaginário e na mitocrítica, a partir da fundamentação teórica de autores, tais como Gaston Bachelard, Octavio Paz, Michel Maffesoli, Gilbert Durand, entre outros.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Poesia latino-americana comparada
2. Narrativa latino-americana comparada
3. Estudos sobre o imaginário

Fernando Mesquita de Faria
A cena contemporânea latino-americana fora dos grandes centros

O presente projeto pretende questionar e problematizar as origens e as formas atuais da cena latino-americana. Para tal, parte da análise e do estudo de algumas obras pontuais dentro do contexto teatral e suas relações interdisciplinares com áreas como a Literatura, a Antropologia, o Cinema e a Música. Com foco em manifestações cênicas e ritualísticas produzidas fora das grandes capitais culturais, busca-se traçar um mapeamento de artistas e autores latino-americanos cuja poética sugere influências das origens ameríndias e africanas. O projeto se apoiará na produção latino-americana dos séculos XX e XXI, mais especificamente em obras de autores como Carlos Solórzano, Pedro Bravo Elizondo, Gerardo Luzuriaga, Augusto Boal, Jorge Dubatti, entre outros, observando as confluências e divergências de sentidos, os diálogos interculturais e as interseções espaço-temporais dessas poéticas. A pesquisa pretende, ainda, realizar experimentos cênicos a partir do conhecimento adquirido com o trabalho de campo e com o embasamento teórico obtido, objetivando a construção de novas formas de pensamento crítico dimensionadas no tempo e no espaço latino-americanos.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Mapeamento  das criações espetaculares atuais, tendo como cenário a América Latina
2. Estudo histórico da pluralidade de estilos e gêneros das obras latino-americanas preexistentes
3. Relações entre a cena, o espaço e a ação artística, reconhecendo os seus terrenos estéticos, afetivos e os referenciais expandidos
4. Exercício prático da teoria pesquisada, através da criação de cenas pessoais que se caracterizam pelo rompimento das convenções, formas e estéticas

Marcelo Marinho
Culturas mestiças e diversidade cultural na literatura da Comarca Platina: literatura e sociedade em Simões Lopes Neto, Augusto Roa Bastos e Juan Carlos Onetti

O presente projeto tem como objeto as relações entre literatura e sociedade na literatura da Comarca Platina, sobretudo no tangente ao processo de construção da identidade, por meio da análise crítica de obras literárias em confronto com outras manifestações regionais da cultura. Busca-se contribuir à discussão contemporânea no âmbito dos estudos culturais e da literatura comparada, por meio do estudo das representações dos diferentes estratos da população regional em textos literários e em outras manifestações culturais, das relações de poder e dominação no âmbito da cultura e da linguagem, das tensões entre regional e global, entre local e nacional, entre particular e universal. Em suma, busca-se analisar as formas segundo as quais se constrói o discurso em sua condição de lugar em que se manifestam os conflitos de representações e de identidades. A diversidade temática é a principal característica no corpus de estudo selecionado para o presente projeto, e as ferramentas metodológicas próprias à literatura comparada devem conduzir aos pontos de confluência e de divergência entre os autores selecionados, no que se refere à invenção de hologramas identitários latino-americanos.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Poesia latino-americana comparada
2. Narrativa latino-americana comparada
3. Estudos de tradução
4. Tradução intersemiótica
5. Margens da literatura

Mariana Cortez
Literatura, leitura e livros na tríplice fronteira: propostas nas bibliotecas das escolas públicas

O projeto de pesquisa tem por objetivo uma pesquisa-ação de incentivo à leitura no intuito de proporcionar melhores condições de inserção dos alunos de escolas públicas na cultura literária. A literatura cumpre um papel importante no processo de socialização e transmissão dos valores culturais de um dado país, região ou mesmo comunidade. As trocas culturais poderiam, pois, vir à tona caso a literatura, como meio de transmissão, fizesse esta ligação, já que ela se constitui inegavelmente como formadora. A leitura implica, também e principalmente, a produção e construção de sentidos, de “espaço de liberdade” (PETIT, 2001) e construção ou (re) construção da própria subjetividade: “Leer o recurrir a bienes culturales diversos, para encontrase a si mismo, para reconocerse, para construirse o reconstruirse, no es la misma experencia que leer para olvidar o para distraerse”  (PETIT, 2001, p. 109). Nesse processo, o sujeito se forma como leitor em interação com o texto, com outros textos, com os outros em geral, a partir da sua própria história de leitor e de suas experiências de vida. Considera-se, então, que o acesso aos bens culturais é fundamental para o processo de tornar-se sujeito, ao mesmo tempo em que é essencial, para isso, realizar um tipo de trabalho com a leitura que possibilite refletir sobre essas relações, sobre os sentidos apreendidos no texto, sobre os sentidos construídos e reconstruídos por esses sujeitos e sobre o objeto estético - literatura e sua relação com as outras Artes. Assim, investigaremos, interdisciplinarmente, se, a partir das ações deste projeto em escolas públicas de zonas rurais da tríplice fronteira (Brasil, Argentina e Paraguai) nos anos iniciais do ensino fundamental, há transformação na prática docente no que se refere ao incentivo à leitura e à inserção do espaço da biblioteca em suas práticas de ensino-aprendizagem.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Literatura, outras Artes e ensino
2. Leitura literária e formação do leitor
3. Literatura infantil e juvenil
4. Leitura, biblioteca e literatura

Rosangela de Jesus Silva
A (des)construção da América Latina: imprensa ilustrada na segunda metade do século XIX

O projeto Imagens que (des)constrõem a América Latina: Imprensa ilustrada na segunda metade do século XIX tem o objetivo de analisar o repertório imagético presente em revistas ilustradas, contemporâneas entre si, no Brasil, na Argentina e no Paraguai, durante o processo de formação dos Estados e das identidades nacionais, momento fundamental para se estudar as possibilidades e os desafios da integração latino americana. A produção dessas imagens no século XIX apresentam um diálogo profícuo com os eventos políticos, sociais e culturais. Ao mesmo tempo em que são registrados e divulgados os progressos, as mazelas como epidemias, problemas sanitários e de infraestrutura. Os nomes das personalidades começam a ganhar rostos e as intrigas políticas são metamorfoseadas em símbolos compartilhados pela sociedade. Esses periódicos oferecem um rico material que, para um entendimento mais completo, necessita de um trabalho coordenado com áreas como a História, a Literatura, a Ciência Política, a Sociologia e a Antropologia. Inicialmente foram elencados dez periódicos: quatro no Brasil (O Mosquito 1869-1877; Revista Illustrada 1876-1898; O Besouro 1878-1879; Don Quixote 1895-1903), três na Argentina (El Mosquito 1863-1893; La Ilustración Argentina 1881-1888; Don Quijote 1884-1903) e dois no Paraguai (Cabichuí 1867-1868; El Centinela 1867-1868). Busca-se compreender como essas imagens se articulam com as discussões em torno de temas como o progresso, a necessidade de civilizar-se e, sobretudo, acerca da construção de uma identidade nacional. Há nessas publicações proposições e orientações ao público, traduzidas em imagens, com objetivos pedagógicos de formação de uma sociedade ilustrada. As construções e desconstruções de mitos e símbolos nacionais apresentados nesses periódicos permitem ao pesquisador identificar um rico universo de criação, permeado pela busca de entendimento e crítica do país. Evidenciam-se disputas, projetos políticos, sociais e culturais distintos. Demonstram que as identidades nacionais e os nacionalismos são produtos históricos que, como tais, podem ser ressignificados e construídos em processos que, em muitos momentos, podem aproximar-se no contexto latino americano.

 

Áreas e temas de interesse para orientação

1. Imprensa Ilustrada na América Latina
2. Caricatura
3. Formação das identidades nacionais na América Latina e suas relações com Arte e política
4. Estudos comparativos entre arte e literatura, sobretudo no século XIX