Você está aqui: Página Inicial > Mestrado > Mestrado em Literatura Comparada > Linhas de Pesquisa
conteúdo

Linhas de Pesquisa

publicado 08/10/2018 17h26, última modificação 12/01/2019 00h10
Linhas de pesquisa do mestrado em Literatura Comparada

Área de Concentração: Poéticas e Narrativas Latino-Americanas

O Programa de Pós-Graduação em Literatura Comparada – PPGLC – promoverá estudos comparatistas transdisciplinares centrados nas articulações entre as áreas de Letras e Artes, História, Geografia, Filosofia, Antropologia, Sociologia e disciplinas afins, com base em produções poéticas (em sentido lato) e em narrativas de autores latino-americanos.

As pesquisas e reflexões devem contribuir para a compreensão dos processos de construção simbólica e material de identidades híbridas, por meio da produção estética, textual e multimodal do continente, no contexto corrediço caracterizado pelas diásporas e diversidades linguístico-culturais próprios da América Latina.

Busca-se desentranhar, nas camadas palimpsésticas que estruturam diferentes suportes estéticos, registros e testemunhos relativos a memórias e imaginários coletivos e/ou individuais, temas e formas expressivas recorrentes, traços da história latino-americana. Busca-se compreender diferentes formas de práticas empíricas sociais que, nos processos de releituras, fragmentação e transculturação, oferecem a matéria prima aos escritores e artistas latino-americanos.

 

Linha 1. Narrativas, Diásporas, Memória e História
Nesta linha, busca-se conformar um conjunto articulado de pesquisas voltadas para a compreensão do destino do campo literário quando ele se encontra em situações de fronteira ou se encaminha para as suas fronteiras. Nesse âmbito, obviamente, assume-se toda a ampla, multifacetada e rizomática polissemia da "fronteira", sobretudo em perspectiva epistemológica, social e geopolítica. Assim, interessa-nos continuar testando a viabilidade de teorias e métodos dialéticos que, ao invés de (apenas) relacionar, revelem as relações entre as literaturas e as suas concretudes culturais, políticas, sociais, historiográficas e econômicas.
Cabem nesse cenário investigações capazes de descortinar o alcance dos impactos do passado (memória, narrativas, documentos, trajetórias) sobre o contemporâneo, configurando, assim, uma dupla série de desafios. Dessa forma, os pesquisadores reunidos nesta linha também se interessam pela produção, pelas expressões e pelas dinâmicas das alteridades, no grande cenário étnico e antropológico da América Latina.
Linha 2. Temas, Imagens, Transculturalidade
Esta linha dedica-se ao estudo transversal comparatista de temas e imagens paradigmáticos recorrentes na produção estético-cultural latino-americana, com especial atenção para as relações entre o caribe insular e o continente. Busca-se determinar as formas transculturais de representação estética da sociedade e dos problemas característicos da região, notadamente na confluência temático-formal entre autores, mas também na confluência da literatura com outras artes.
Os estudos desenvolvidos devem levar à compreensão das formas de manifestação da transculturalidade no âmbito da produção literária continental, com espaços concomitantes para a análise de linguagens multimodais (oralituras, visualituras, produções intermidiáticas). Sua perspectiva metodológica comparatista tem como objeto primordial a literatura impressa, mas contempla igualmente as manifestações artísticas nas áreas verbal, sonora, visual ou digital, em suas dimensões poéticas como formas de invenção de mundos possíveis e de práticas empíricas cotidianas.