Você está aqui: Página Inicial > Institucional > Núcleos de Ensino, Pesquisa e Extensão
conteúdo

Núcleos de Ensino, Pesquisa e Extensão

publicado 12/01/2019 00h08, última modificação 22/01/2019 08h58
Os núcleos de ensino, pesquisa e extensão da UNILA associam pesquisadores e extensionistas ligados a um ou mais grupos de pesquisa a um ou mais programas de extensão institucionalizados.

Os núcleos de ensino, pesquisa e extensão poderão ser compostos por:

- docentes efetivos, substitutos, visitantes e pesquisadores em cooperação técnica com a UNILA;
- discentes da graduação e da pós-graduação lato sensu e stricto sensu regularmente matriculados na UNILA ou em mobilidade acadêmica;
- quadros técnicos da UNILA ou de universidades parceiras.

Os núcleos serão vinculados a um Instituto Latino-Americano e terão um coordenador e um vice-coordenador como atribuições de encargo, regimento próprio de funcionamento e proposta de criação aprovada. Os núcleos poderão receber outras denominações como, por exemplo, “rede”, “observatório”, “coletivo”, “laboratório”, a critério e decisão dos seus idealizadores e participantes, desde que mantida a definição conceitual.

 

São objetivos gerais dos núcleos de ensino, pesquisa e extensão:
- desenvolver pesquisa e extensão em áreas consideradas prioritárias para a UNILA, fortalecendo a atuação dos Institutos Latino-Americanos junto à comunidade da tríplice fronteira, prezando o desenvolvimento territorial regional;
- contribuir para a efetiva integração social, cultural, política, econômica, científica e artística da tríplice fronteira, articulando-se aos diferentes atores regionais, nacionais e internacionais;
- consolidar grupos de pesquisa e programas de extensão em articulação com os cursos de graduação e de pós-graduação lato sensu e stricto sensu, buscando diferentes modalidades de cooperação por meio de parcerias nacionais e internacionais;
- formar redes de grupos de pesquisa e de programas de extensão, mobilizando os recursos humanos e a infraestrutura existente na UNILA;
- receber docentes e pesquisadores visitantes, e também os discentes de graduação e de pós-graduação lato sensu e stricto sensu em mobilidade acadêmica, vindos de outras universidades nacionais ou internacionais;
- buscar a internacionalização acadêmica do ensino, da pesquisa e da extensão, nas suas diversas dimensões;
- promover, dentro dos objetivos gerais aqui definidos, a indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão, entendida como inseparável da interdisciplinaridade.