Você está aqui: Página Inicial > IMEA > Observatórios > Observatório Agriculturas Familiares Latino-Americanas (AFLA)
conteúdo

Observatório Agriculturas Familiares Latino-Americanas (AFLA)

publicado 03/04/2019 16h36, última modificação 10/05/2019 11h12

SITE

www.observatorioafla.com

 

RESUMO

Em abril de 2018, pesquisadores da UFRGS e da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) realizaram, em Foz do Iguaçu, a primeira reunião de planejamento dos projetos que serão executados pelo recém-formalizado Observatório das Agriculturas Familiares Latino-americanas (Observatório AFLA). A cooperação técnica entre as universidades visa promover ações e projetos conjuntos para analisar as trajetórias e transformações nas dinâmicas socioeconômicas dos diferentes grupos de agricultores familiares da América Latina.

Segundo Silvia Zimmermann, professora do curso de Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar e do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Desenvolvimento e coordenadora do Observatório pela UNILA, um dos objetivos centrais  do projeto é acompanhar e colaborar com o trabalho de organizações sociais e governamentais que participam dos espaços de construção das políticas públicas, com destaque para o papel da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar do Mercosul (REAF Mercosul).

O observatório iniciou suas atividades com dois projetos de pesquisa, ambos financiados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), sobre os processos de construção, governança e transferência de políticas públicas para a agricultura familiar entre os países do Mercosul. Os projetos envolvem cerca de quinze pesquisadores, além de estudantes de graduação e pós-graduação.
Paulo Niederle, professor dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia e Desenvolvimento Rural da UFRGS e coordenador da iniciativa pela instituição, destaca que o Observatório AFLA poderá ter uma contribuição importante no acompanhamento das mudanças que, repercutindo o novo cenário político e econômico de vários países latino-americanos, estão em curso nas políticas voltadas para a agricultura familiar.

Além de políticas públicas, as linhas de ação do Observatório das Agriculturas Familiares Latino-americanas envolvem temáticas como as reconfigurações dos mercados agroalimentares, as novas estratégias territoriais de desenvolvimento rural, as dinâmicas socioculturais e identitárias no mundo rural, e a ação política dos movimentos sociais agrários.

 

EQUIPE

 

Coordenadores

Silvia Zimmerman e Paulo Andre Niederle

 

Pesquisadores

Alex Mengel
Catia Grisa
Dirceu Basso
Fabiana Thomé da Cruz
Flávia Charão Marques
Jairo Alfredo Genz Bolter
Jaqueline Mallmann Haas
Marcelo Conterato
Régis da Cunha Belém
Silvia Aquino
Valdemar João Wesz Junior

Pós-Graduandos

Estevan Felipe Pizarro Munoz
Fernanda Castilhos França de Vasconcellos
Francisca Danaides Carreras Rios
Jenifer Cristine Medeiros
Marianela Zúñiga Escobar

Graduandos

Diana Jazmin Britez Cohene
Ingrid Marques
Maiz Bortolomiol 
Martin Jeremias Franco Castiñeira
Pietra Regina de Oliveira Vacarin

 

CONTATO

silvia.zimmermann@unila.edu.br