Você está aqui: Página Inicial > Institutos > ILAACH > NIELI > Proficiência > Celpe-Bras
conteúdo

Celpe-Bras

publicado 14/04/2021 12h21, última modificação 29/04/2021 12h19
Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros

celpe.pngO Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) é conferido aos estrangeiros com desempenho satisfatório em teste padronizado de português, desenvolvido pelo Ministério da Educação. O exame é aplicado no Brasil e em outros países com o apoio do Ministério das Relações Exteriores. 
Internacionalmente, o Celpe-Bras é aceito em firmas e instituições de ensino como comprovação de competência na língua portuguesa e, no Brasil, é exigido pelas universidades para ingresso em cursos de graduação e em programas de pós-graduação. 

O Certificado é o exame brasileiro oficial para comprovação de proficiência em português como língua estrangeira, aceito em universidades e empresas brasileiras, bem como nos processos de revalidação de diplomas médicos e de naturalização.

O Celpe-Bras não tem data de validade, nem determina o nível que deve ser exigido para determinada função, ou seja, tanto o prazo de validade quanto o uso dos resultados do exame são determinados pelas instituições que o exigem. Desse modo, é possível que uma universidade exija o nível intermediário, enquanto outra venha a requerer o nível avançado para que um cidadão estrangeiro possa participar de seu programa de pós-graduação.
 
Outorgado pelo MEC, o Celpe-Bras é o único certificado brasileiro de proficiência em português como língua estrangeira reconhecido oficialmente. É conferido em quatro níveis: intermediário, intermediário superior, avançado e avançado superior. 

O exame é composto de duas partes: a Parte Escrita e a Parte Oral

Na Parte Escrita, que tem duração de 3 horas, os examinandos respondem por escrito a quatro tarefas diferentes, que englobam compreensão (oral ou escrita) e produção escrita: a primeira exige a compreensão de um trecho de vídeo; a segunda, a compreensão de um trecho de áudio; a terceira e a quarta, a compreensão de textos escritos.

A Parte Oral consiste em uma interação Face a Face de 20 minutos entre o examinando e o entrevistador. A primeira parte da interação, com duração de aproximadamente 5 minutos, consiste em uma conversa sobre interesses pessoais do examinando, a partir das informações dadas por ele no formulário de inscrição. A parte seguinte, com duração de aproximadamente 15 minutos, consiste em uma conversa a partir de pequenos textos e imagens de temas variados que circulam na imprensa escrita brasileira.

Os candidatos são avaliados em níveis de proficiência que podem chegar a cinco pontos. Aqueles que obtiverem pontuação entre 2 e 2,75 serão classificados no nível intermediário; entre 2,76 e 3,5, no intermediário superior; entre 3,51 e 4,25, no avançado; entre 4,26 e 5, no avançado superior. Quem obtiver menos de 2 pontos não obterá a certificação.
 

Como se preparar para o exame?

A Comissão Técnico-Científica do Celpe-Bras, com o apoio do Inep, disponibiliza um Caderno de Provas Comentadas, que tem por objetivo esclarecer os examinandos sobre a maneira como as provas são avaliadas, de forma a ajudá-los na preparação para o exame. Além desse Caderno, as provas das edições anteriores também estão disponibilizadas e podem ser visualizadas no Portal do Inep.


Grupo Avalia (UFRGS)

O Grupo Avalia (Avaliação de Uso da Linguagem) atua no Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. São interesses do grupo: avaliação de desempenho em exames de larga escala e em contextos de ensino; avaliação de proficiência em uso da linguagem; avaliação para nivelamento em cursos de língua; níveis de proficiência em leitura e escrita; efeitos retroativos e impactos de instrumentos de avaliação; validade e confiabilidade de sistemas de avaliação.
 
O Grupo Avalia compila e disponibiliza as provas e editais de todas as edições do Celpe-Bras: http://www.ufrgs.br/acervocelpebras/acervo

  

Sobre o posto aplicador UNILA

A UNILA é posto aplicador do exame, desde 2014. 

Conforme estipulado no edital do Inep, caso o posto aplicador atinja o limite do número de inscrições disponibilizadas, o sistema bloqueará novas inscrições. Sugere-se aos que não conseguirem se inscrever no Posto UNILA que tentem em outro posto aplicador ou em edições futuras. Além da UNILA, o Paraná tem outros dois postos aplicadores: a Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba.

 
Inscrições

A cada edição do exame, o Inep publica um edital com todas as informações. As inscrições devem ser feitas pelo participante diretamente no site do Inep, no período e condições estipulados no edital.

 

Atenção:

    • Os participantes deverão ficar atentos ao período de inscrição e se inscrever o quanto antes, pois as vagas costumam ser preenchidas já no primeiro dia.
    • Os participantes deverão ficar atentos à data, horário e local da parte oral e da parte escrita do exame.
    • É responsabilidade dos participantes o preenchimento no sistema de seus dados pessoais. Se houver erro no preenchimento do nome, no momento da inscrição, o certificado sairá com esse mesmo erro.
    • Ainda não é cobrada taxa de inscrição para realizar o exame no Posto Aplicador UNILA.
    • Esse exame certifica apenas o participante que apresentar desempenho intermediário ou superior em língua portuguesa. Quem estiver no nível iniciante, de fala e/ou escrita, sugere-se a realização de um curso de preparação para o exame.

 

Para contato na UNILA: